Service Desk, luxo ou necessidade?

Com uma economia dinâmica, empresas crescem rápido. Em algumas vezes, mais rápido do que suportam. Fusões ocorrem constantemente e a preocupação é manter o foco na atividade fim do negócio.

Hoje, muitas dessas empresas que cresceram e ainda passam por essa fase de evolução, se questionam se o chamado Service Desk é um luxo ou uma necessidade. Mesmo quando o estigma de Tecnologia já foi entendido como investimento e necessidade. De acordo com pesquisa feita pelo ISF (Instituto Sem Fronteiras) com 940 empresas de diversos segmentos, o orçamento de TI crescerá dois dígitos entre 2007 e 2008. O instituto estima que o mercado corporativo irá investir com terceiros cerca de R$ 44 bilhões este ano.

Nem sempre a concentração das informações e a estrutura de tecnologia da empresa evoluem de acordo com o crescimento da corporação. Sim, é verdade que equipamentos modernos são adquiridos como sistemas de ERP, soluções modernas de comunicação, aplicativos, websites, bancos de dados, etc. Mas, a pergunta é: como vou manter a disponibilidade e qualidade desses serviços? Quais benefícios eu tenho? Que vantagem o negócio passa a ter com controles e indicadores, como, serviços mais solicitados, índice de reincidências, tempo de atendimento, horário com maior índice de solicitações, entre outros.

Façamos então outras perguntas:

– Os funcionários da empresa conhecem e utilizam, pelo menos, 40% dos recursos que um PC pode trazer à corporação e para si mesmo?

– Qual o prejuízo que a corporação tem a cada minuto que um sistema ou serviço de TI está indisponível? Detalhe: estamos dizendo da atividade de negócio.

– Quanto tempo os profissionais de TI perdem atendendo telefone ou são “capturados” no corredor para atender dúvidas superficiais de usuários/funcionários por falta de um ponto de contato para esclarecimento dessas questões?

– Onde o Coordenador, Gerente, Diretor ou CIO precisa investir para melhorar a qualidade e disponibilidade dos recursos de tecnologia?

– O quanto a imagem do Departamento de TI fica prejudicada em virtude da insatisfação do usuário que acredita que as falhas decorrentes são por má qualidade dos equipamentos ou dos profissionais que compõem a área de TI?

Estas são algumas perguntas que justificam a necessidade de um Service Desk. Seja em uma pequena, média ou grande. A aplicação de um projeto em Service Desk é o ponto de comunicação da TI com os usuários das corporações. Sem ele, é impossível direcionar investimentos e melhorias que trazem agilidade, redução de custos e até mesmo lucros ao negócio. Ao contrário do que muitos pensam, não é uma forma de burocratizar o atendimento e o contato com os demais funcionários da companhia. Trata-se da profissionalização do setor de TI em gerenciar, com efetivas ações, os resultados positivos ou negativos. Além do investimento, e não da geração de novos custos, em segurança, treinamentos, infra-estrutura, software, etc.

O mercado de Service Desk permanece com uma forte tendência no investimento em Serviços como Treinamento de Profissionais, Modelagem de Processos e ferramentas de gestão. Entre essas tendências, a terceirização (Outsourcing) do Service Desk continua crescendo e muitas empresas estão investindo em treinamento de seus profissionais nas melhores práticas como ITIL e gestão de serviços.

Fundamentalmente, é bom para todos. O usuário ganha maiores condições de se dedicar a sua atividade fim, pois conta com um profissional para orientá-lo e apoiá-lo nos recursos de TI. A área de tecnologia tem seu trabalho organizado e reconhecido com históricos que permitem o atendimento ao usuário da forma mais eficiente possível. E, enfim, o gestor passa a ter um Raio-X, em tempo real, da TI e tomar decisões que irão corrigir as possíveis falhas rapidamente.

Os benefícios da terceirização – outsourcing – do atendimento de service desk podem ser mensurados rapidamente como:

■ Redução visível do número de problemas aumentando a satisfação dos usuários;
■ Redução de custos diretamente ligados a indisponibilidade dos usuários;
■ Service Desk Especializado baseado nas práticas do ITIL;
■ Analistas Certificados em atendimento a usuários de sistemas de computadores;
■ Ferramenta de Gerenciamento de incidentes totalmente WEB;
■ Disponibilidade 7 x 24

Veja abaixo quais são as sete técnicas de qualidade adotadas pela DANRESA nos contratos de Service Desk de seus clientes:

1. Resolução de mais de 80% dos incidentes via atendimento remoto: por uma simples questão de ganho de tempo e produtividade, quanto mais rapidamente os serviços forem restabelecidos para os usuários, sem a necessidade de deslocamentos de profissionais, menores serão os impactos nos negócios causados por falhas na área de TI.

2. Gravação telefônica e filmagem dos atendimentos: é crucial que todos os atendimentos sejam registrados pelo sistema de telefonia e também por uma ferramenta de service desk que filme tudo o que foi feito remotamente pelo analista na máquina do usuário. Só dessa forma é possível garantir auditorias e trabalhos de melhoria contínua no atendimento prestado pelos analistas aos clientes.

3. Análise minuciosa e em tempo-real dos chamados: o fornecedor de Service Desk deve garantir que haja uma área de qualidade designada a monitorar o atendimento que está sendo realizado pelos analistas. Eles devem ser treinados para ser detalhistas quando efetuam o registro ou transferência de um incidente para o segundo nível e as soluções devem ser descritas com todos os passos envolvidos no processo de correção do problema, de forma que qualquer atendente que acompanhe o incidente saiba o que está ocorrendo sem a necessidade de perguntar a quem efetuou o atendimento.

4. Pesquisa de satisfação: todo chamado registrado no sistema de Service Desk deve ser pontuado, ou seja, o usuário deve ser convidado a dar uma nota ao atendimento. Com isto, consegue-se avaliar o nível de satisfação dos usuários e realizar trabalhos baseados nessa avaliação.

5. Relatórios mensais para o cliente: o fornecedor de Service Desk deve informar via relatórios e indicadores mensais quais são os maiores problemas registrados durante o período, auxiliando o cliente a traçar suas estratégias e investimentos para a área de TI.

6. Avaliação periódica dos analistas: Periodicamente, os analistas do Service Desk devem passar por uma avaliação que permita saber se há necessidade de reciclagem, treinamento, motivação, etc.

7. Garantia de redução no número de problemas de TI: com o envio periódico de relatórios aos clientes, o fornecedor de Service Desk pode demonstrar mês a mês para o cliente a quantidade de chamados e como se deu a resolução dos incidentes de TI. Com técnicas e critérios de qualidade, o fornecedor consegue garantir que os incidentes e problemas de Informática sofrerão uma queda gradativa, melhorando a produtividade de toda a corporação.

A DANRESA Consultoria de Informatica também disponibiliza um sistema de service desk totalmente baseado no ITIL para que seus clientes possam se organizar e acompanhar os atendimentos, históricos, emissão de relatórios gerenciais e estratégicos. O manual do sistema de service desk pode ser acessado online

Alguns cases de sucesso da DANRESA Consultoria de Informatica encontram-se em http://www.danresa.com.br/Paginas/naMidia/frmNoticias.aspx

Fontes: http://www.baguete.com.br/artigos/363/everton-de-lima/23/11/2007/service-desk-luxo-ou-necessidade
http://www.danresa.com.br/siteservicedesk/index.aspx

Anúncios

Service Desk, O que é? Como pode ajudar sua empresa?

Service Desk é um serviço realizado para centralizar as necessidades de uma empresa em um único lugar, dessa forma registrando entrada e saida de pedidos de suporte e manutenção, tendo maior controle sobre o que foi feito, para futuramente obter um relatório preciso das tarefas realizadas, podendo assim diagnosticar com maior precisão os setores que tem maior número de problemas e assim focar uma melhoria, seja em treinamento para equipe ou em investimentos tecnológicos.

Com o aumento da demanda empresarial e da globalização das empresas, cada vez mais as empresas precisam se certificar da qualidade dos serviços executados, para obter maior chances de concorrência no mercado mundial.

Para atingir as metas é preciso executar as tarefas diárias com eficiência, dando suporte de  qualidade aos seus clientes.

O Service Desk funciona da seguinte maneira, centralizamos os chamados envolvendo recursos de informática. Disponibilizamos esses recursos para os usuários com suporte adequado, sempre que houver um chamado em aberto ele é gerenciado para que seja atendido por ordem de entrada, é importante que sempre esteja aberto a melhorias no serviço de suporte aos clientes, e que tenha um método de trabalho baseado em ITIL (Information Technology Infrastructure Library).

A necessidade de gerenciar esses processos é para melhorar os três P’s (Pessoas, Processos e Produtos) tornando assim a empresa mais competitiva.

A DANRESA Consultoria de Informatica é especializada em organizar e implantar os serviços de service desk para seus clientes de forma flexível e baseada no ITIL atendendo todos os requisitos necessários de qualidade exigidos pelo mercado.

Os benefícios alcançados com a terceirização de service desk com a DANRESA Consultoria de Informatica são:

  • Redução visível do número de problemas aumentando a satisfação dos
    usuários
    ;
  • Redução de custos diretamente ligados a indisponibilidade
    dos usuários;
  • Service Desk Especializado baseado nas práticas do
    ITIL;
  • Analistas Certificadosem atendimento a usuários de sistemas de computadores;
  • Ferramenta de Gerenciamentode incidentes totalmente WEB;
  • Disponibilidade 7 x 24

E como garantir a qualidade do atendimento de service desk?

Veja abaixo quais são as sete técnicas de qualidade adotadas pela DANRESA nos contratos de Service Desk de seus clientes:

1. Resolução de mais de 80% dos incidentes via
atendimento remoto:
por uma simples questão de ganho de tempo e
produtividade, quanto mais rapidamente os serviços forem restabelecidos para os
usuários, sem a necessidade de deslocamentos de profissionais, menores serão os
impactos nos negócios causados por falhas na área de TI.

2. Gravação telefônica e filmagem dos
atendimentos:
é crucial que todos os atendimentos sejam registrados pelo
sistema de telefonia e também por uma ferramenta de service desk que filme tudo
o que foi feito remotamente pelo analista na máquina do usuário. Só dessa forma
é possível garantir auditorias e trabalhos de melhoria contínua no atendimento
prestado pelos analistas aos clientes.

3. Análise minuciosa e em tempo-real dos
chamados:
o fornecedor de Service Desk deve garantir que haja uma área de
qualidade designada a monitorar o atendimento que está sendo realizado pelos
analistas. Eles devem ser treinados para ser detalhistas quando efetuam o
registro ou transferência de um incidente para o segundo nível e as soluções
devem ser descritas com todos os passos envolvidos no processo de correção do
problema, de forma que qualquer atendente que acompanhe o incidente saiba o que
está ocorrendo sem a necessidade de perguntar a quem efetuou o atendimento.

4. Pesquisa de satisfação: todo chamado
registrado no sistema de Service Desk deve ser pontuado, ou seja, o usuário deve
ser convidado a dar uma nota ao atendimento. Com isto, consegue-se avaliar o
nível de satisfação dos usuários e realizar trabalhos baseados nessa avaliação.

5. Relatórios mensais para o cliente: o
fornecedor de Service Desk deve informar via relatórios e indicadores mensais
quais são os maiores problemas registrados durante o período, auxiliando o
cliente a traçar suas estratégias e investimentos para a área de TI.

6. Avaliação periódica dos analistas:
Periodicamente, os analistas do Service Desk devem passar por uma avaliação que
permita saber se há necessidade de reciclagem, treinamento, motivação, etc.

7. Garantia de redução no número de problemas
de TI:
com o envio periódico de relatórios aos clientes, o fornecedor de
Service Desk pode demonstrar mês a mês para o cliente a quantidade de chamados e
como se deu a resolução dos incidentes de TI. Com técnicas e critérios de
qualidade, o fornecedor consegue garantir que os incidentes e problemas de
Informática sofrerão uma queda gradativa, melhorando a produtividade de toda a
corporação.

Fontes: http://www.danresa.com.br/siteservicedesk/servicedesk.aspx#foco

http://tilowr.com.br/service-desk-o-que-e-de-onde-vem-e-para-onde-vai/

As competências mais desejadas no gestor de TI

Fonte: http://cio.uol.com.br/carreira/2009/11/20/as-competencias-mais-desejadas-no-gestor-de-ti/

Os CIOs precisam equilibrar conhecimento
técnico e de negócios, com uma
boa capacidade de comunicação, gestão de pessoas
e um perfil inovador

CIO Brasil

Quanto mais a empresa considera a TI como uma área estratégica,
menos
valoriza competências
técnicas para o CIO. Isso não significa, no
entanto, que o gestor da área de
tecnologia da informação pode se dar ao luxo
de deixar de lado os conhecimentos
específicos da sua área.

Assim como os super-heróis das histórias em quadrinho, o CIO precisa
ter
várias identidades. No momento em que ele está sentado em frente ao
board, deve
assumir uma postura e um discurso totalmente orientados aos
negócios. Já quando
encontra-se na mesa de negociação com fornecedores ou
conversa sobre o escopo de
um determinado projeto com sua equipe, tem de
resgatar a bagagem de
conhecimentos técnicos.

Essa multiplicidade de visões também se aplica às competências exigidas
dos
CIOs. Isso porque, além da identidade técnica e de negócios, os
profissionais
são cobrados por sua capacidade de atender às demandas das
diversas áreas da
companhia e por gerenciar a equipe de TI e os fornecedores.
Além disso, eles
precisam encontrar tempo para idealizar produtos e serviços
inovadores.

Equilibrar essas diferentes tarefas representa um fator crucial para
o
sucesso dos gestores de TI. Prova disso é que muitos CIOs foram
demitidos
ou deixaram a companhia no período de crise por conta da
dificuldade em se
adequar às novas expectativas das organizações, de acordo
com a vice-presidente
da consultoria Gartner para América Latina, Ione
Coco.

A seguir, seguem as competências essenciais para os CIOs, na visão
de
especialistas e de profissionais  que atuam no setor:

Conhecimento do negócio – Por mais interessantes que as
tecnologias
pareçam para a equipe de TI, os argumentos técnicos não podem ser
utilizados
para justificar um projeto para a diretoria e as demais áreas da
organização.
Assim, os CIOs devem conhecer a fundo o negócio da companhia
para entender como
as iniciativas da sua área estão alinhadas aos objetivos
da organização e quais
os resultados práticos esperados.

“Um projeto de TI é um investimento como qualquer outro da empresa e,
em
muitas ocasiões, pode inclusive concorrer com as demais áreas”, afirma o
gerente
de sistemas da Basf no Brasil, Ricardo Crepaldi. “Uma reestruturação
de parque
tecnológico, por exemplo, necessita estar alinhada à necessidade de
crescimento
da empresa. Não faz mais sentido trocar só por trocar.”,
acrescenta o
executivo.

Capacidade de comunicação – No dia-a-dia
das
organizações, boa parte das atividades de TI passa despercebida
pelos
funcionários da companhia. Na realidade, o CIO e a sua equipe só são
lembrados
em situações negativas, como quando o sistema cai ou o computador
para de
funcionar. Com isso, a imagem do trabalho da área de tecnologia da
informação
fica prejudicada dentro das organizações. E o pior, essa percepção
chega até o
board da companhia, o que reflete diretamente no humor de
investimentos em novos
projetos.

O CIO que pretende reverter essa situação precisa estar preparado
a
estruturar uma melhor comunicação de sua área com todos os stackeholders
da
organização. Para tanto, precisa investir em ferramentas que o ajudem a
divulgar
as iniciativas de TI a toda a companhia, bem como criar um canal
para que os
diversos usuários consigam expressar opiniões sobre produtos e
serviços
oferecidos pela equipe de tecnologia.

Gestão de pessoas – Os resultados da área de TI também
estão
diretamente relacionados à capacidade que o CIO tem para recrutar,
reter e
desenvolver seus colaboradores. Assim, a sócia da consultoria
brasileira Career
Center – especializada em gestão estratégica e recolocação
profissional –, Karin
Parodi, aconselha que esses profissionais estejam
atentos à gestão de pessoas e
não deleguem essa função apenas para a área de
recursos humanos.

Essa capacidade de gestão e motivação das equipes é essencial a
qualquer
profissional em posição de liderança, mas tende a ser ainda mais
crítica na TI,
uma vez que trata-se de um setor no qual faltam pessoas
capacitadas e, portanto,
a retenção de talentos é essencial.

Perfil inovador – Quando buscam um profissional para ocupar
a posição
de CIO, as empresas buscam pessoas com postura voltada à inovação,
de acordo com
a diretora de TI e telecom da consultoria brasileira de
recrutamento de
executivos Fesa, Ana Luiza Loureiro Segall.

“Na prática, isso seria, por exemplo, representado por um CIO que,
antenado
aos lançamentos do mercado no qual atua, percebe uma nova maneira de
se
relacionar com os clientes e leva essa sugestão à área de
marketing”,
exemplifica Ana Luiza.

Conhecimento técnico – Um levantamento realizado pela
consultoria
norte-americana Diamond Management & Technology apontou que
um dos pecados
que o CIO comete é distanciar-se do conhecimento técnico. De
acordo com o
estudo, sem essa habilidade, o profissional não consegue saber
como o
departamento de TI pode contribuir com as demais áreas da organização
e não
consegue liderar sua própria equipe.

Na mesma linha, uma pesquisa
realizada pelo diretor de tecnologia da
informação da Halliburton no Brasil,
Etienne Vreus, com 111 gestores de TI de
empresas brasileiras, aponta que o
conhecimento técnico é uma das sete
competências essenciais ao CIO atualmente.

A DANRESA Consultoria de Informatica foi nomeada a revenda SpamTitan do 3 º trimestre de 2011

 A Danresa Consultoria de Informatica foi nomeada a revenda SpamTitan do 3 º trimestre de 2011

A Danresa Consultoria de Informatica com sede no Brasil foi selecionada dentre mais de 500 revendedores internacionais para o seu crescimento significativo em todos os mercados verticais em Q3 2011( 3º Trimestre de 2011 ).

Como parte de um programa de divulgações, progaganda e marketing e promoções recém-desenvolvidos, a empresa incentivou os clientes a aproveitar os descontos de vários anos de assinaturas e com muito sucesso como resultado desta estratégia.

“Estamos muito felizes em sermos reconhecidos como Revenda  SPAM Titan de Destaque no Mundo, referente ao 3º Trimestre de 2011. Nossos clientes esperam o mais alto nível de soluções de tecnologia e suporte técnico, e em parceria com SpamTitan esse objetivo foi atingido. Temos feito esforços em termos de divulgação do produtos SpamTitan e WebTitan, promovendo ofertas promocionais em diversos veículos da mídia, e os nossos clientes estão colhendo os benefícios. ”

“Estamos felizes em reconhecer DANRESA para o seu crescimento contínuo”, disse Ronan Kavangh, CEO SpamTitan Technologies. “A DANRESA tem ajudado seus clientes em todos os setores a implantar SpamTitan e WebTitan, e têm demonstrado grande dedicação em termos de divulgações, propaganda e marketing, os reais benefícios das soluções para as empresas.”

A SpamTitan seleciona o revendedor de Destaque com base na qualidade do atendimento ao cliente, suporte e crescimento global de vendas em setores verticais.

Danresa named SpamTitan reseller of the quarter Q3 2011

Danresa Consultoria de Informática based in Brazil were selected from more than 500 international resellers for its significant growth across vertical markets in Q3 2011. As part of a newly developed promotions program, the company encouraged customers to take advantage of multi-year subscriptions discounts and have seen much success as a result of this strategy.

“We are very happy to be recognized as the SpamTitan Technologies Reseller of the Quarter. Our customers expect the highest level of technology solutions and technical support from us, and partnering with SpamTitan has enabled us to provide both. We have made efforts in terms of promoting SpamTitan and WebTitan and these are paying off and our customers are reaping the benefits.”

“We are happy to recognize Danresa for its continued growth,” said Ronan Kavangh, CEO SpamTitan Technologies. “Danresa has been helping customers across all verticals deploy both SpamTitan and WebTitan and have shown great dedication in terms of promoting the real benefits of the solutions to businesses.”

SpamTitan selects the Reseller of the Quarter based on the quality of customer service, support and overall growth and vertical sales.

For further details contact partners@spamtitan.com

Fonte: http://www.spamtitan.com/core/generic.php?_PageID=8005&utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=customer_september2011

Saiba mais sobre o sistema de antispam e a Danresa em: http://www.spamtitan.com.br/ ou em http://www.danresa.com.br/.

Parabéns a toda equipe técnica e comecial pela conquista !!!

Renato F. Porta – Diretor de Operações.

Significado de Service Desk

Fonte: http://www.osignificado.com.br/service-desk/

Service Desk é a evolução do help desk, pois possui abrangência e qualidade maiores para atender a demanda. Service Desk serve para centralizar as necessidades de uma empresa em um único lugar, registrando entrada e saída de pedidos de suporte e manutenção, para ter um maior controle sobre o que foi feito.

Com o aumento da demanda empresarial e da globalização das empresas, cada vez mais as empresas precisam se certificar da qualidade dos serviços executados, para obter maior chances de concorrência no mercado mundial. Os usuários recebem recursos de informática, e  sempre que houver um chamado em aberto ele é gerenciado para que seja atendido por ordem de entrada, é importante que sempre esteja aberto a melhorias no serviço de suporte aos clientes, e que tenha um método de trabalho baseado em ITIL (Information Technology Infrastructure Library).

A missão principal do service desk é o restabelecimento da operação normal dos serviços dos usuários o mais rápido possível, minimizando o impacto nos negócios causados por falhas de TI. Ferramentas de Gestão de Serviços de TI bem estruturadas, também são muito importantes para o provimento de um bom serviço.

A DANRESA Consultoria de Informatica atua no segmento de Service Desk oferecendo a seus clientes toda a estrutura necessária para o atendimento personalizado e de acordo com as regras de negócios do cliente.

Monitoria OnLine, Shadow (Sombra), Sistema de Service Desk, Gravação dos atendimentos, Filmagem dos atendimentos, Avaliação periódica dos Analistas, Pesquisa de Satisfação, Relatórios fazem parte do escopo de implantação dos pacotes serviços de Service Desk da DANRESA Consultoria de Informática.

Para saber mais ligue para um Consultor DANRESA através do telefone 55 11 4452-6450 ou envie um e-mail para comercial@danresa.com.br

Acesse o site Service Desk DANRESA para conhecer a estrutura e os modelos de atendimentos

Acesse o site oficial da DANRESA http://www.danresa.com.br

 

Spam Titan – Solução completa de segurança para sistemas de e-mails

Sobre o Spam Titan

 

Spam Titan é uma é uma solução completa de segurança para sistemas de e-mails oferecendo proteção de alto nível em SPAM, VÍRUS, TROJANS e CONTEÚDOS INDESEJADOS

 

Abaixo estão os detalhes dos recursos do produto, bem como algumas informações técnicas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dois motores de antivirus, CLAMAV e KASPERSKY;AntiSPAM em multicamadas com resultados superiores a 98% de detecção de SPAM e menos de 0,03% de taxa de Falso Positivo;

Filtro de Conteúdo: Bloqueio de anexos, palavras proibidas, etc.;

Usuário final gerencia sua quarentena através de relatórios em sua caixa de e-mail;

Autenticação em Active Directory ou LDAP (mesmo usuário de rede para acessar o sistema);

Suporta múltiplos domínios e permite a customização das regras para cada domínio ou para cada usuário de um domínio;

Agendamento de Relatórios Gerenciais para o Administrador e por dominios;

Atualização das versões do sistema e das assinaturas de SPAM e VIRUS de forma automatizada;

Suporta CLUSTER (Múltiplos servidores).

Suporta múltiplos domínios e permite a customização das regras para cada domínio ou para cada usuário de um domínio;

Agendamento de Relatórios Gerenciais para o Administrador e por domínios;

Atualização das versões do sistema e das assinaturas de SPAM e VIRUS de forma automatizada;

Suporta CLUSTER (Múltiplos servidores).

 

Relatório de quarentena de e-mails enviado aos usuários:

Diagrama da Solução em Applicance:

 

 

Solução Spam Titan Danresa

 

A Danresa fornecerá o sistema Spam Titan com todas as características mencionadas nesta proposta instalado e pré-configurado em um “Appliance” com as configurações recomendadas para suportar com folga as necessidades levantadas no projeto.

Toda a solução foi concebida para que a Danresa seja responsável pelo reparo e substituição completa da solução, incluindo hardware e software, em caso de problemas causados por mau funcionamento dos itens fornecidos por nós, sem custo adicional para o cliente durante a vigência do contrato.

O Cliente terá a sua disposição uma central de Service Desk para suporte técnico em horário comercial via telefone e e-mail, que poderá ser utilizada para solução de problemas ou retirada de dúvidas dos administradores do sistema do cliente. Para suporte técnico poderá ser necessário que os analistas da Danresa tenham acesso a console administrativa do sistema que, neste caso, deverá ser liberada pelo cliente com o objetivo de efetuar os reparos solicitados.

Para saber mais acesse: http://www.spamtitan.com.br/

ou: http://www.danresa.com.br/antispam/index.aspx

Sistema de Monitoração – PRTG Network Monitor em Appliance

O PRTG Network Monitor é um sistema de monitoração “Tudo em um” que que permite a monitoração em tempo real e de base histórica de ativos de redes como Servidores físicos e virtualizados, links de dados, equipamentos de rede, serviços de e-mail, web sites, bancos de dados, e diversos sensores possíveis em uma rede.

Recursos Básicos:

Monitoramento de capacidade e uso de links, atividade em tempo real, disponibilidade e medições de entrega de SLA.

Adequado para redes de todos os tamanhos.

Monitoramento de múltiplas redes / localidades.

Recursos de Cluster para até 5 servidores agrupados.

API baseada e HTTP para interface com outras aplicações

Descoberta de rede automatizada e configurações de sensores.

Sensores e Protocolos:

Mais de 110 tipos de sensores (Ping, HTTP, WMI, SMTP, POP3, DNS e muitos outros).

Tráfego de rede e análise de comportamento usando SNMP, Netflow, sFlow, jFlow e Packet Sniffing.

Modelos pré-configurados para dispositivos de rede como roteadores Cisco, Servidores SQL, Servidores Exchange, impressoras de rede, etc.

Sensores para monitoramento de ambiente virtualizados (VMware, XEN, HyperV, Virtuozzo, etc).

Criação de Sensores customizados e Triggers programáveis.

Monitoração nativa de sistemas Linux e Windows.

Interfaces de Acesso ao Sistema:

Acesso ao sistema através de interface WEB em AJAX, HTML ou Celular.

Interface Cliente para Windows (Windows GUI).

App para acesso via IPhone, IPad e sistemas Android.

Visualização hierárquica (Sondas, grupos, dispositivos, sensores, canais).

Lista de Sensores (em ordem alfabética, mais lento, mais rápido, por marca, por tipo, etc).

Gráficos atraentes (Para sensores, dispositivos, grupos e sondas) mostrando o monitoramento das ultimas horas, dias, meses e anos.

Mapas customizáveis que reúnem o status de monitoramentos do sistema e permitem a inclusão de dispositivos, gráficos e personalização de layouts.

Alertas e Relatórios:

Definições de alertas de acordo com os critérios configurados pelo administrador.

Vários meios de comunicação (e-mail, SMS, Solicitação HTTP, Shell Script, Execução de um programa EXE ou BAT, Syslog, etc).

Relatórios periódicos e customizáveis (HTML e PDF) podem ser agendados para ser enviados por e-mail ou deixados a disposição para download no sistema.

Relatórios e arquivos de log (registro detalhado de todas as atividades do produto e seus resultados).

Solução PRTG Network Monitor –  Danresa

A Danresa Consultoria de Informatica fornecerá o sistema PRTG Network Monitor com todas as características mencionadas nesta proposta instalado e pré-configurado em um “Appliance” com as configurações recomendadas para suportar com folga as necessidades levantadas no projeto.

Toda a solução foi concebida para que a Danresa seja responsável pelo reparo e substituição completa da solução, incluindo hardware e software, em caso de problemas causados por mau funcionamento dos itens fornecidos por nós, sem custo adicional para o cliente durante a vigência do contrato.

O Cliente terá a sua disposição uma central de Service Desk para suporte técnico em horário comercial via telefone e e-mail, que poderá ser utilizada para solução de problemas ou retirada de dúvidas dos administradores do sistema do cliente. Para suporte técnico poderá ser necessário que os analistas da Danresa Consultoria de Informatica tenham acesso a console administrativa do sistema que, neste caso, deverá ser liberada pelo cliente com o objetivo de efetuar os reparos solicitados.