Skip to content
23/01/2012 / Danresa Consultoria de Informática

O que você precisa saber sobre redes sociais?

O mundo todo conectado!

Imagine a seguinte situação: Sam era conhecido como alguém de mente fechada. Por anos resistiu a uma nova tecnologia que facilitava o contato com parentes e amigos. Todo mundo era a favor dessa tecnologia, até mesmo os filhos adolescentes de Sam. Em tom de brincadeira, ele dizia à sua filha de 16 anos: “Como era bom quando as pessoas conversavam cara a cara!”

Daí Sam começou a reavaliar seu conceito. Lembrou de pessoas com quem não tinha contato por muitos anos e de alguns parentes que pareciam estar sempre ocupados. ‘Se eu quiser manter contato com todas essas pessoas’, pensou ele, ‘talvez eu deva mesmo me modernizar’. O cenário dessa história é a zonal rural dos Estados Unidos em meados do século 20. Sam finalmente começou a abrir a mente para a possibilidade de comprar um telefone.

Avancemos agora para 2012. Nathan, neto de Sam, acabou de conversar por telefone com seus queridos amigos Roberto e Angela, que haviam se mudado para o outro lado do mundo. ‘Já faz 10 anos que eles se mudaram!

Como o tempo passa rápido!’, pensou Nathan.

Por muitos anos, um telefonema ocasional de parentes e amigos que tinham se mudado para longe foi o suficiente para Nathan. Mas agora parece que todo mundo — até seus filhos adolescentes — usa uma rede social para manter contato.

Nathan é conhecido como alguém de mente fechada porque se recusa a acompanhar as tendências tecnológicas. “Como era bom quando parentes e amigos conversavam pelo telefone e podíamos ouvir sua voz”, disse ele.

Mas agora Nathan está começando a mudar de ideia. ‘Se eu quiser manter contato com todas essas pessoas’, pensou Nathan, ‘talvez eu deva mesmo me modernizar’.

Já se sentiu como Nathan? Por natureza, os humanos gostam de se comunicar. (Gênesis 2:18; Provérbios 17:17) Visto que muitos estão usando redes sociais com esse objetivo, o que você precisa saber sobre elas?

R E D E S   S O C I A I S

Por que são tão populares?

 Que meios de comunicação você usou no último mês?

  • Conversa cara a cara
  • Carta ou cartão
  • Telefone E-mail
  • Mensagem de texto
  • Mensagem instantânea
  • Bate-papo por vídeo
  • Rede social

Nunca houve tantas opções para se comunicar, cada uma com suas vantagens e desvantagens.

Veja alguns exemplos:

CONVERSA CARA A CARA

Vantagem: Possibilita perceber sutilezas nas expressões faciais, no tom da voz e nos gestos.

Desvantagem: As duas partes precisam estar disponíveis para conversar.

CARTA OU CARTÃO

Vantagem: Afetuoso e personalizado.

Desvantagem: Leva tempo para escrevê -lo e dias para chegar ao destino.

E-MAIL

Vantagem: Pode ser escrito e enviado com rapidez.

Desvantagem: Muitas vezes é um tanto impessoal ou fácil de ser mal-interpretado.

Aí entram em cena as redes sociais, consideradas por alguns como o melhor modo de manter contato com amigos e parentes. Existem centenas de redes sociais, e a mais popular — o Facebook — tem cerca de 800 milhões de usuários cadastrados. “Se o Facebook fosse um país”, comentou a revista Time, “seria o terceiro maior do mundo, atrás apenas da China e da Índia”. Mas o que são redes sociais, e por que se tornaram tão populares?

Uma rede social é um site que permite aos usuários compartilhar informações com um grupo de amigos escolhidos por você. “É um excelente modo de manter contato com as pessoas”, diz Jean, de 21 anos. “É também uma maneira conveniente de compartilhar fotos de viagens e de outros eventos.”

Mas qual é o problema em escrever uma carta? ‘É muito demorado’, alguns responderiam — além de caro se quiser revelar fotos para enviar junto. E que dizer do telefone? Também é muito demorado, já que você precisaria telefonar para uma pessoa de cada vez, e algumas não estariam em casa ou disponí-veis no mesmo instante que você. E enviar um e-mail? “Ninguém responde mais e-mails”, reclama Danielle, de 20 anos, “e mesmo que responda, pode levar semanas. Numa rede social, eu posto um comentário sobre o que estou fazendo e meus amigos podem postar comentários sobre o dia deles. Ficamos por dentro das novidades assim que entramos no site. É muito fácil!”. Isso não significa que as conversas nas redes sociais sejam todas frívolas. Por exemplo, quando acontece um desastre — como o terremoto e o tsunami que devastaram partes do Japão em 11 de março de 2011 —, muitos usam redes sociais para saber se seus parentes e amigos estão bem.

Veja o caso de Benjamin, que mora nos Estados Unidos. Ele conta: “Os telefones ficaram fora de serviço após o tsunami no Japão”. Um conhecido meu me contou que havia mandado um e-mail para uma amiga nossa em Tóquio, mas ele no tinha recebido nenhuma resposta. Na mesma hora, peguei meu celular, acessei a internet e entrei na página dela em uma rede social. Imediatamente, vi uma mensagem breve que ela havia postado dizendo que estava bem e que depois daria mais informações.”

Benjamin continua: “Para informar meus amigos que a conheciam e que não usavam redes sociais, eu precisei mandar um e-mail para cada um deles. Demorou para conseguir o endereço deles e escrever as mensagens. Recebi várias respostas nos dias seguintes, e uma delas só chegou cerca de duas semanas depois! Era difícil para essas pessoas dar conta de ler os e-mails que todo mundo estava enviando. Usar redes sociais teria poupado muito tempo nesse caso. Em questão de minutos, todo mundo poderia estar por dentro das últimas notícias.”

Fica claro que as redes sociais têm suas vantagens.

Mas será que existem perigos? Se existem, quais são eles, e como você pode evitá-los?

COMO FUNCIONA

1. Basta postar uma mensagem (atualização de status) em sua página.

2. Todos de sua lista de amigos receberão sua mensagem quando acessarem a página deles — e você receberá as mensagens deles quando acessar a sua página.


Quatro perguntas importantes sobre redes sociais

Como praticamente qualquer outro site da internet, as redes sociais têm os seus perigos*. Com isso em mente, analise as perguntas a seguir.

 

1 Como as redes sociais afetam minha privacidade?

“Na abundância de palavras não falta transgressão, mas quem refreia seus lábios age com discrição.” Provérbios 10:19.

 O que você precisa saber. Se não tomar cuidado, você pode acabar revelando detalhes demais por meio de seu perfil, suas fotos, suas atualizações de status (mensagens breves enviadas a todos de sua lista de amigos) e seus comentários (suas respostas às atualizações de status de outras pessoas). Esses detalhes podem revelar, por exemplo, onde você mora, quando está (ou não) em casa, onde trabalha e onde estuda. Divulgar seu endereço e postar um comentário breve como “vamos viajar amanhã” pode ser tudo que um ladrão precisa para saber onde e quando agir.

Outros detalhes como seu e-mail, data de nascimento e número de telefone podem deixar você exposto a assédio, bullying e roubo de identidade. Mas muitas pessoas nem param para pensar quando divulgam essas informações em sua página.

As pessoas costumam esquecer que qualquer informação colocada na internet é de domínio público. Mesmo que tenham selecionado a opção “Somente Amigos” para compartilhar suas atualizações de status, elas não têm controle sobre o que esses amigos vão fazer com as informações. É por isso que devemos encarar as informações postadas numa rede social como algo público ou que pode ser facilmente tornado público.

O que você pode fazer. Conheça bem as configurações de privacidade de sua rede social —  e use-as! Permita que apenas pessoas conhecidas e confíaveis tenham acesso a suas fotos e atualizações de status.

Mesmo assim, lembre-se de que algo postado pode se tornar mais público do que você imaginava. Tenha o costume de analisar sua página e se perguntar se algo nela poderia ser usado por pessoas mal-intencionadas para localizar você ou roubar sua identidade. Mesmo entre amigos, não poste informações que poderiam violar sua privacidade ou a de outros. (Provérbios 11:13) Se precisar tratar de um assunto confidencial, use outro meio de comunicação. “Falar pelo telefone é bem mais pessoal e você se expõe muito menos”, disse uma jovem chamada Cameron #.

Conclusão. Uma mulher chamada Kim resume bem o assunto: “Se você tomar bastante cuidado, conseguirá usar uma rede social com relativa privacidade. Você só se meterá em problemas se deixar isso acontecer.”

2 Como as redes sociais afetam meu tempo?

‘Certifiquem-se das coisas mais importantes.’ Filipenses 1:10.

 O que você precisa saber. Você pode acabar gastando tempo demais usando uma rede social, deixando coisas mais importantes de lado. Uma mulher chamada Kay disse: “Quanto mais contatos você tem, mais tempo vai gastar numa rede social e mais viciado vai ficar.”

Veja os comentários de outras pessoas que caíram nessa armadilha.

“É difícil parar de usar uma rede social, mesmo se você não gosta muito dela. É quase uma obsessão.” — Elise.

“Há muitas coisas para fazer: jogos, testes, páginas de fã-clubes de artistas — além, é claro, de acessar as páginas de todos os seus amigos.” — Blaine.

“É como um redemoinho que suga você para dentro dele, e você só se dá conta que está viciado quando sua mãe chega em casa e pergunta por que a louça ainda está toda suja na pia.” — Ana.

“Eu não via a hora de sair da escola para chegar em casa e ver quem tinha comentado minhas postagens. Daí, tinha de responder a todas as pessoas e ver todas as fotos novas que elas tinham postado. Eu ficava muito malhumorada quando estava usando a internet e odiava ser interrompida. Algumas pessoas que conheço ficam conectadas praticamente o dia inteiro — até de madrugada ou mesmo quando estão na casa de outras pessoas!” — Megan.

O que você pode fazer. O tempo é algo que não podemos nos dar ao luxo de desperdiçar. Então, o que você acha de planejar como usá-lo, assim como faria com dinheiro? Primeiro, escreva quanto tempo acha que seria razoável gastar numa rede social. Depois, veja como se saiu durante um mês. Se você ultrapassou sua meta, faça ajustes onde necessário.

Se você tem filhos adolescentes e eles estão gastando tempo demais usando redes sociais, tente descobrir qual é a real motivação deles. Por exemplo, em seu livro sobre perigos na internet, a autora Nancy E. Willard salienta que o uso excessivo de redes sociais pode estar relacionado a ansiedade, estresse e baixa autoestima. Ela escreveu: “Muitos adolescentes se preocupam bastante com seu status social.

Se os adolescentes medem seu valor social com base no nível de interação com amigos por meios eletrônicos, isso pode acabar estimulando o vício.”

Nunca deixe que as redes sociais — nem qualquer outra atividade on-line — interfiram na amizade que voceˆ deve manter com as pessoas de sua casa. Don Tapscott escreveu em seu livro A Hora da Geração Digital: “Uma das ironias da internet é que, embora facilite o contato quando familiares estão fisicamente distantes, ela também pode mantê -los afastados quando estão em casa.”

Conclusão. Uma moça chamada Emily comentou:

“Acho que usar uma rede social é uma maneira excelente de manter contato com as pessoas. Mas, assim como qualquer outra coisa na vida, é preciso saber a hora certa de parar.”

3 Como as redes sociais afetam minha reputação?

“A boa reputação vale mais que a prata e o ouro.” Provérbios 22:1, Centro Bíblico Católico.

O que você precisa saber. O que você posta numa rede social cria uma reputação que pode ser difícil de apagar. (Provérbios 20:11; Mateus 7:17) Parece que muitos não se dão conta desse perigo. Uma jovem chamada Raquel diz: “Acho que as pessoas perdem a noção quando usam uma rede social. Elas dizem coisas que normalmente não diriam. Algumas não percebem que uma postagem de mau gosto pode lhes custar sua boa reputação.”

Manchar a reputação numa rede social pode trazer consequências difíceis de remediar. O livro A Hora da Geração Digital diz: “Há histórias de vários usuários de sites de rede social que perdem o emprego ou são recusados em novos trabalhos por causa do que postaram na internet.”

O que você pode fazer. Dê uma olhada em sua página do ponto de vista de outra pessoa.

Pergunte-se: ‘É assim mesmo que quero ser visto pelos outros? Se alguém visse as fotos que postei e me descrevesse com base nelas, o que provavelmente diria? Que sou “provocante”? “sensual”? “alguém que só pensa em cair na farra”? Será que é essa a impressão que quero causar, por exemplo, quando estiver procurando um emprego e o empregador olhar minha página? Será que aquelas fotos realmente representam os meus valores?’

Se você é jovem, pergunte-se: ‘E se meus pais, um professor ou um adulto que admiro vissem minha página? Será que eu ficaria envergonhado por causa das coisas que eles poderiam ver e ler?’

Conclusão. Quando a sua reputação está em jogo, lembre-se das palavras do apóstolo Paulo: “Cada um colherá aquilo que tiver semeado.” — Gálatas 6:7, Pastoral.

 4 Como as redes sociais afetam minha escolha de amizades?

“Quem anda com pessoas sabias tornarse-a sábio, mas irá mal com aquele que tem tratos com os estúpidos.” Provérbios 13:20.

 O que você precisa saber. Suas amizades influenciam seu modo de pensar e agir. (1 Coríntios 15:33) Não há dúvida que você deve tomar cuidado com as amizades que faz numa rede social. Algumas pessoas aceitam dezenas e até centenas de solicitações de amizade de pessoas que mal conhecem — ou simplesmente nem conhecem.

Outras descobrem que nem todos de sua lista de amigos são boas companhias. Veja alguns comentários.

“Se alguém aceita a solicitação de amizade de fulano, sicrano e beltrano, vai acabar se metendo em encrenca.” — Ana.

“Conheço muitas pessoas que adicionam um amigo não porque querem,mas só para não magoar a outra pessoa.” — Lianne.

“É a mesma coisa que se associar com alguém na vida real. Você precisa tomar cuidado com a verdadeira identidade de seus amigos.” — Alexis.

 O que você pode fazer. Crie regras para aceitar amigos. Veja a seguir exemplos de limites que algumas pessoas estabeleceram para suas amizades: – “Para alguém ser meu amigo, não basta ser um conhecido. Eu preciso conhecê-lo de verdade.” — Jean.

“Só adiciono como amigo pessoas que conheço há um bom tempo, nunca alguém desconhecido.”— Monique.

“Gosto de adicionar apenas quem conheço muito bem e que segue os mesmos princípios que eu.” — Rae.

“Se recebo uma solicitação de amizade de um desconhecido, eu ignoro a solicitação e pronto! Todos os meus amigos são pessoas que conheço e que já são meus amigos fora da internet.” — Marie.

“Se um amigo começa a postar fotos ou atualizações de status que acho questionáveis, eu o excluo sem dó. Ele é uma má companhia, mesmo que você esteja apenas vendo as postagens dele.” — Kim.

“Quando eu tinha uma conta numa rede social, minhas configurações de privacidade eram bem rígidas. Não permitia que amigos de amigos vissem minhas postagens ou fotos — apenas meus amigos. Fiz isso porque não sabia ao certo se os amigos dos meus amigos eram boas companhias. Não conhecia nem a eles nem a reputação deles.” — Heather.

Conclusão. A Dra. Gwenn Schurgin O’Keeffe escreveu em seu livro CyberSafe (Segurança na Internet): “A melhor regra é fazer amizade apenas com pessoas que você conhece e com quem tem algum tipo de relação fora da internet.

CLIQUE EM “SAIR”

Se você deixar sua conta aberta enquanto estiver ausente, correrá o risco de outros postarem matérias em sua página. Segundo o advogado Robert Wilson, isso seria “o mesmo que deixar sua carteira ou telefone celular num lugar público. Qualquer um poderia usar o computador e começar a fazer postagens em seu Mural”. Que conselho ele dá? “Não esqueça de clicar no botão ‘Sair’.”

POR QUE SE ARRISCAR?

Segundo uma pesquisa da revista Consumer Reports, muitos usuários de redes sociais revelam coisas “que podem resultar no roubo de sua casa ou identidade ou até em serem perseguidos. Das pessoas entrevistadas, 15% postavam o local onde estavam no momento ou seus planos de viagem; 34% haviam revelado sua data de nascimento; e 21% das que tinham filhos em casa haviam postado o nome e fotos deles”.

* Neste artigo, quando falamos de “amizades”, não estamos nos referindo a contatos comerciais.

# Alguns nomes neste artigo foram mudados.

Fonte: revista Despertai, fevereiro de 2012

Anúncios

4 Comentários

Deixe um comentário
  1. Drully / jan 24 2012 0:00

    Muito bom

  2. MAIARA E RAQUEL / fev 9 2012 12:57

    GOSTEI MUITO VISTO QUE TENHO UMA FILHA PRÉ ADOLESCENTE QUE GOSTA MUITO DO COMPUTADOR .SEMPRE LEMBRANDO Q CADA UM COLHE O QUE PLANTA: GÁLATAS 6:7

  3. strainy gonçalves / fev 27 2012 3:37

    Muito bom mesmo…gostaria de saber mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: