Skip to content
24/01/2012 / Danresa Consultoria de Informática

Venda de listas de emails causa transtorno com mensagens de spam

A venda de lista de emails pela internet faz com que as pessoas recebam dezenas de mensagens indesejadas e propagandas.

Já parou pra pensar de onde vêm tantas mensagens que recebe na internet, de empresas ou pessoas que você não conhece? Pois saiba que tem muita gente ganhando dinheiro ilegalmente para vender dados pessoais e endereço eletrônico de outras pessoas.

A estudante de publicidade Mariana Santiago de Oliveira vive conectada e já fez a conta. “No final de semana, chega a ser 70, 100 e-mails de listas que eu não assino, de coisas que não me interessam mesmo. É muito e-mail, realmente me incomoda”.

Além de incomodar, receber todos esses emails é trabalhoso. “Não agüento mais ter que limpar isso toda semana, toda hora, porque está vindo e-mail que você não quer receber”, diz Mariana.

Na rua, é só perguntar que lá vem história. O auxiliar de escritório Douglas Assis também reclama. “A caixa de e-mails fica lotada sempre. Para você achar um e-mail que, às vezes até te interessa, fica até difícil”, diz.

O jornalista Daniel Jaculi Lira se preocupa com a segurança. “Você não sabe quem tem conhecimento do seu e-mail. Você não sabe quem está invadindo a sua privacidade. Você não sabe quem está do outro lado”, diz Daniel.

Como isso acontece? Um dos motivos é a venda de listas pela internet. Milhões de correios eletrônicos a partir de R$ 39. Quem oferece não dá endereço, nem telefone. O contato só pode ser feito pela internet. Mandamos mensagens para três vendedores. Nenhum respondeu.

O Ministério da Justiça e o Ministério Público afirmam que esse comércio de dados pessoais é ilegal. Mas reconhecem que falta uma lei específica para tratar do assunto. Isso dificulta até a ação da polícia. Agora, está em discussão, tornar crime a venda de dados pessoais, sem a autorização do consumidor.

O promotor Leonardo Roscoe Bessa, que trabalha na proposta, diz que o Brasil está atrasado e defende a adoção de pena de seis meses a dois anos de detenção para os infratores.

“Hoje como esse tipo de conduta é apenas uma ofensa na área privada, não é um crime ou infração penal, a polícia não pode chegar e prender em flagrante essas pessoas que atuam coletando informações sem autorização do cidadão”, diz o promotor.

Enquanto a lei não chega, o jeito é fazer como mariana. Ela não fecha negócio com empresas que mandam mensagens não autorizadas. “São empresas chatas, que enchem minha caixa de e-mail. É um banco chato, eu não vou fazer conta lá, fica mandando e-mail de coisas que eu não quero. Como é que ele sabe que eu existo?”, questiona a estudante.

O Brasil é o quarto país do mundo que mais envia os “spams”, essas mensagens eletrônicas indesejadas. De acordo com o Comitê Brasileiro de Gestão da Internet, nós só perdemos para a Índia, Vietnã e Paquistão.

fonte: http://g1.globo.com/jornal-hoje

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Antispam SpamTitan

Proteja sua empresa contra spam, vírus, trojans e conteúdos indesejados adquirindo o SpamTitan com a DANRESA Consultoria de Informática.

Conheça o SpamTitan  e faça um test drive (demo online) do SpamTitan agora mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: