8 erros que as empresas cometem nas redes

Por Daniela Moreira, de EXAME.com

São Paulo – As redes sociais são importantes aliadas de empresas interessadas em se aproximar de seus consumidores e construir um relacionamento duradouro com eles. Mas, para garantir o sucesso da estratégia, é necessário entender como funciona este universo e evitar deslizes comuns que podem transformar estes canais em temíveis algozes da sua reputação.

A WebMint, empresa especializada em comunicação digital do Grupo Mint, mapeou com exclusividade para EXAME.com os erros mais frequentes que as empresas cometem em suas estratégias de mídias sociais. Saiba quais são eles e confira as dicas de Victor Macedo, diretor do Grupo Mint, para evita-los:

1. Não ouvir os clientes

Ao mostrar sua cara nas redes sociais, uma empresa deve estar preparada tanto para ouvir elogios quanto reclamações e responder de maneira satisfatória ao cliente. Os comentários devem funcionar como indicadores de qualidade dos produtos e serviços que a empresa está oferecendo. “É nas críticas que estão as melhores oportunidades de mudança”, diz o especialista.

2. Não interagir com os clientes

Criar um perfil nas redes sociais e deixa-lo às moscas é o maior erro que uma empresa pode cometer. Crie uma estratégia para manter seu perfil sempre atualizado com novidades e dialogue com os seus fãs e seguidores – dessa forma eles se sentirão estimulados a continuar interagindo com a sua marca.

3. Não monitorar os resultados

Deixar de observar como sua marca está repercutindo nas redes sociais é um risco que nenhuma empresa pode se dar ao luxo de correr. Mesmo que você não tenha um perfil, conversas espontâneas envolvendo seus produtos e serviços podem estar acontecendo sem que você se de conta. Na melhor das hipóteses, você pode estar perdendo uma oportunidade de entender como os seus clientes pensam e se comportam em relação à sua marca. Na pior, pode estar alheio enquanto uma campanha negativa de graves proporções atinge sua credibilidade. “Tenha uma equipe preparada para monitorar os perfis e antecipar possíveis crises”, alerta Macedo.

4. Perder a concorrência de vista

Deixar de monitorar seus concorrentes fará com que sua empresa esteja sempre um passo atrás. Acompanhe o que outras empresas estão fazendo para poder identificar tendências e avaliar os principais erros e acertos. “O objetivo não é copiar, mas se manter atualizado sobre o que está sendo feito e de que maneira você pode adaptar para a realidade da sua empresa”, recomenda o especialista.

5. Agir de maneira precipitada

As redes sociais abrem espaço para um relacionamento menos duro e formal com o cliente, mas é preciso ter muito cuidado para não reagir de maneira precipitada diante de reclamações e denúncias. Apure as informações antes de tomar qualquer providência. “Não saia dando RT ou respondendo questionamentos antes de entender a atmosfera na qual aquela mensagem se encontra. É preciso ter o cuidado de buscar fontes e outros usuários para confirmar informações e histórias”, opina o diretor.

6. Pecar na revisão

As informações se propagam muito rapidamente nas redes sociais, portanto faça uma boa checagem antes de publicar algo. Revise o português, verifique os links e o próprio conteúdo da mensagem. “Frações de segundos podem causar um grande barulho negativo (ou positivo) na sua divulgação”, lembra Macedo.

7. Embarcar na fofoca digital

Usar as redes para difamar a concorrência é uma falha grave na estratégia de mídias sociais. “Falar mal de concorrentes pode causar não só a morte da reputação digital da empresa como também da marca off-line”, destaca o especialista. “Se a sua empresa contratou uma agência para realizar esse tipo de trabalho, tenha atenção redobrada”, acrescenta.

8. Menosprezar a relevância do conteúdo

Bombardear os clientes apenas com informações institucionais e se autopromover o tempo todo vai afastá-los do seu perfil. Alimente sua conta com informações úteis, interessantes e relevantes para o seu público. “A mesma rapidez com a qual um usuário escolhe seguir uma empresa no Twitter é a que o faz desistir quando seu canal não tem mais nada de interessante para transmitir”, alerta Macedo.

Fonte: info.abril.com.br

**************************************

A DANRESA agrega valores aos negócios de seus clientes.

Excelência em qualidade, atuando desde a concepção da idéia até a obtenção dos resultados; transformar conhecimento e tecnologia em solução de negócios; agregar valores aos negócios de cada cliente: com esses diferenciais, a DANRESA Consultoria de Informática vem crescendo desde a sua fundação, em 1998, e já se consolidou no mercado de TI.

Logo Danresa

Anúncios

Novo algoritmo de buscas do Google deve punir cópias e conteúdo ruim

Por Redação do IDG Now!

Lançado mundialmente no final de semana, o “Panda” chega com intenção de diminuir visitas a sites de baixa qualidade e que copiam outras páginas.

Após apenas três dias no ar, o algoritmo “contra cópias” Google Panda já começa a ter um grande impacto nas buscas web, de acordo com informações do site espanhol ADSL Zone. A página, que cita dados do Ranking Metrics, afirma que alguns sites importantes da França, como Ciao e Twenga, já perderam 50% de suas visitas desde o lançamento da ferramenta em diversos idiomas na última sexta-feira,1 2/8 – antes o novo código só estava disponível nas buscas Google em inglês.

Na Alemanha, o site Ciao.de e Wikio também aparecem entre os que mais perderam visitantes após o lançamento do Panda, como aponta o site State of Search. Por outro lado, as páginas do sistema Android e do serviço Blogger, ambos da Google, são algumas das que apresentaram maior crescimento desde a última sexta-feira no país, com 42% e 11% visitantes a mais, respectivamente.

A Google afirma, por meio de seu blog, que a implementação global do Panda normalmente impacta entre 6% e 9% das buscas. É um número menor em relação à época do lançamento da ferramenta, no início do ano, quando o Panda afetava quase 12% das buscas em inglês de modo perceptível.

Desde o final de semana, o serviço está disponível em todos os idiomas, incluindo o português brasileiro. De acordo com a gigante de buscas, apenas as buscas em chinês, japonês e coreano continuam de fora, em função de testes para melhorias no serviço.

Com o Panda, a Google quer retornar apenas sites de boa qualidade para os internautas, focando seus esforços, assim, em diminuir o acesso a páginas que considera de baixa qualidade e que usam material copiado de outros sites sem dar crédito aos autores.

Fonte: idgnow.uol.com.br

*********************************************

Webtitan é uma poderosa solução de “Web Filtering” que provê ricas funcionalidades e permite o gerenciamento e a proteção dos usuários quando estão navegando na internet.

 

IE 9 é lançado pela Microsoft

Versão 9 do navegador mais usado do mundo ganha novo visual, mais velocidade e mais segurança.

 A Microsoft anunciou oficialmente o lançamento da mais recente versão do navegador Internet Explorer, o IE9. O browser mais usado do mundo passou por uma completa remodelação para se tornar mais leve, limpo e confiável, além de ser capaz de exibir conteúdos no novo padrão HTML 5 de forma ágil e segura. As expectativas em torno do novo browser são tantas que mais de 40 milhões de usuários do Windows ao redor do mundo já baixaram a versão Beta do IE9 – maior número de downloads de uma versão beta da história da empresa. A versão completa do browser poderá ser baixada a partir da manhã de hoje, 15/03.  

O anúncio no Brasil foi feito por Osvaldo Barbosa de Oliveira, Diretor geral da áree de Consumer e Serviços Online da Microsoft Brasil. “As expectativas com a navegação na web cresceram”, diz ele, “e no desenvolvimento do IE9 fomos motivados a trazer a experiência da web mais próxima da experiência natural que os usuários têm com aplicativos normais”.  

Esse objetivo se apoia em três grandes dimensões: a “limpeza” – menos botões e menos barras de ferramentas para dar mais espaço para os sites; a rapidez – conseguida graças à integração do IE9 com aceleradores gráficos; e a segurança – com o aprimoramento de conceitos e características do IE8.  

Além disso, novas funcionalidades permitem que você trate as páginas que você mais visita como programas da barra de tarefas do Windows 7, disponibilizando esses sites no exato momento em que você liga o seu computador.  

Para baixar o Internet Explorer 9 (a partir de 15/03) acesse: www.internetexplorer9.com.br

Fonte: tecnologia.br.msn.com

5 dicas contra e-mails indesejados

Pesquisas apontam que o Brasil é um dos primeiros do ranking no envio global de spams e que um em cada três e-mails que chegam à caixa postal é spam. Esse lixo eletrônico pode custar anualmente para as empresas R$ 1,5 mil por funcionário, de acordo com os dados da consultoria Nucleus Research. Em um levantamento feito com 849 usuários de e-mail corporativo nos EUA, a consultoria concluiu que o número de mensagens consideradas lixo eletrônico chega a 66%. Como resultado desse volume, os usuários gastam 16 segundos identificando e apagando cada mensagem indesejada, o que representa, de acordo com a consultoria, um custo anual de US$ 70 bilhões somente nos Estados Unidos.

A DANRESA, consultoria de TI (Tecnologia da Informação) com mais de 12 anos de experiência no mercado, tem continuamente alertado sua base de clientes e prospetcs sobre a perda de tempo e produtividade causada por e-mails indesejados que chegam via correio eletrônico dos funcionários, incluindo spams, trojans e phishings, entre outros conteúdos. Para reforçar a questão, a DANRESA listou os cinco principais passos para que as companhias minimizem o problema e assim tenham um ambiente de TI mais seguro.

1-) Estabelecer uma política sobre o uso de e-mail. Cada empresa deve definir internamente que tipo de conteúdo via e-mail será permitido e proibido de acordo com sua área de atuação. Para algumas, por exemplo, anexos pesados de fotos ou vídeos não fazem parte do dia-a-dia das tarefas e podem, conseqüentemente, ser barrados. Já se a empresa for uma agência de publicidade, por exemplo, a proibição mencionada não faz sentido. O importante é que cada companhia estabeleça uma política e a repasse aos funcionários, inclusive por escrito, para que todos tenham ciência do que podem enviar e receber via e-mail corporativo.

2-) Ter um anti-spam integrado ao antivírus. Apesar do risco que é navegar na Internet sem ferramentas de proteção, muitas empresas ainda descuidam quando o assunto é atualização constante do antivírus. Com soluções anti-spam, a situação não é muito diferente e a prática também precisa ser disseminada de forma generalizada no ambiente corporativo. O ideal é contar com um anti-spam integrado ao antivírus, uma vez que as mensagens indesejadas podem estar repletas de pragas cibernéticas.

3-) Configurar o anti-spam de acordo com as melhores práticas do mercado. O ideal é que a ferramenta de anti-spam escolhida pela empresa não seja engessada, para que possa ser customizada de acordo com sua política e também configurada de acordo com as melhores práticas de mercado, como por exemplo, a que verifica se um link em um e-mail tem o IP do domínio que diz ser.

4-) Definir Black e White lists de remetentes. É importante ter a lista de remetentes proibidos que sabidamente só existem para propagar spams, assim como a lista de remetentes confiáveis. Alguns softwares já fornecem listas predefinidas, mas é importante que cada empresa vá atualizando as suas.

5-) Permitir a gestão do usuário no dia-a-dia. Tão problemático quanto receber um grande volume de e-mails indesejados é ter uma mensagem importante barrada. Assim, uma ferramenta anti-spam eficiente deve permitir a interação do usuário, enviando diariamente a lista de e-mails bloqueados para que ele valide se o que está ali é de fato spam ou se há algum conteúdo útil que por algum motivo foi barrado.

Matéria publicada nas seguintes mídias:

www.itweb.com.br
www.odebate.com.br
www.revistamakingof.com.br
www.resellerweb.com.br
www.maisdicas.net
www.dihitt.com.br
www.arcauniversal.com
www.rhcentral.com.br
http://www.danresa.com.br/Paginas/naMidia/frmNoticiaDRSA07.aspx

Windows Server 2008 R2 and Windows 7 SP1 Releases to Manufacturing Today

Segue parte da matéria publicada no blog Technet da Microsoft:

Release to Manufacturing (RTM) of Windows Server 2008 R2 Service Pack 1 (SP1), along with Windows 7 SP1. SP1 will be made generally available for download on February 22.

Two new features in Windows Server SP1, Dynamic Memory and RemoteFX, enable sophisticated desktop virtualization capabilities. These features build on the comprehensive virtualization functionality already included in the Windows Server operating system.

Our first new feature, Dynamic Memory, takes Windows Server’s Hyper-V feature to a whole new level. Dynamic Memory lets you increase virtual machine density with the resources you already have—without sacrificing performance or scalability. In our lab testing, with Windows 7 SP1 as the guest operating system in a Virtual Desktop Infrastructure (VDI) scenario, we have seen a 40% increase in density from Windows Server 2008 R2 RTM to SP1. We achieved this increase simply by enabling Dynamic Memory.

Leia toda a matéria

Fonte: Blog ThecNet

Expression Web 3.0 and 4.0 Articles Link List

A couple of days ago, we had posted a Link List of ASP.NET MVC, ASP.NET and jQuery Articles and Silverlight, .NET 4.0 and LINQ Articles Link List published on this site in the last 6 months. This week, we will be covering the articles on Expression Web 3 and 4. This list should help you stay updated with the content you might have missed on this site. Here’s the list:What’s new in Microsoft Expression Web 4? – In this article we will explore the new features available in Expression Web 4

Designing websites for accessibility in Expression Web – Part I – This article gives you an idea and tips of how to make your web site accessible

Designing websites for accessibility in Expression Web – Part II – In this article we will explore the Accessibility Checker feature of Expression Web and how to use it to test your website accessibility

Using jQuery to Open External Links in a New Window – Expression Web – This article is about using jQuery to open external links on your page in a new window

Changing the appearance of a picture in Microsoft Expression Web 3 – In this article we will be exploring only those options that enable you to edit a picture’s appearance on the webpage.

How to use Personal Web Packages in Microsoft Expression Web – A Personal Web Package contains pages, files and folders. In Expression Web, you can export or package a website or a group of files or folders so that someone else can import it and use it in their websites. In this article we will learn more about these web packages, how to create them and use them.

Setting the Frame properties in Expression Web 3 – In this article, we will look at various properties of frames

Setting the Page Editor Options in Microsoft Expression Web 3 (Part I) – With Page Editor Options you can specify settings for various Microsoft Expression Web features. In this article we will explore few tabs of the Page Editor Options dialog box.

Setting the Page Editor Options in Microsoft Expression Web 3 (Part II – Code Formatting) – With Page Editor Options you can specify settings for various Microsoft Expression Web features. In this article we will explore some more tabs of the Page Editor Options dialog box.

Setting the Page Editor Options in Microsoft Expression Web 3 (Part III – CSS tab) – In this article, we will explore the various CSS options that help you control how styles are generated by Microsoft Expression Web 3.

Setting the Page Editor Options in Microsoft Expression Web 3 (Part IV) – With Page Editor Options you can specify settings for various Microsoft Expression Web features. In this article we will explore few tabs of the Page Editor Options dialog box.

Creating scrollable content area using CSS overflow property in Expression Web – In this article, we will create scrollable content area by using the CSS overflow property for HTML divs in Expression Web

Preview Tools in Microsoft Expression Web 3 – Microsoft Expression Web 3 has built-in preview tools which you can use to test your web pages while designing them. In this article, I have listed the preview tools focusing more on the Development Server.

Explore CSS Properties Panel in Expression Web 3 – Expression Web 3 Panels (known as task panes in earlier versions) contain all the tools you would require while developing you web pages. Panels have been classified according to the type and categories of tools. All the panels are available in the Panels menu in Expression Web 3. In this article, we will explore the CSS Properties panel.

Expression Web Queries – Queries in Expression Web to search and replace a particular pattern or factor could be required often while developing a website. The Find and Replace dialog box in Expression Web has much to offer, than the traditional find and replace mechanism. You can create queries for the same. In this article we would take a deep insight into how to create such queries to pinpoint any misses in the code and search and replace intelligently.

Open and publish a live website in Microsoft Expression Web 3 – Expression Web lets you create website live on the server as well as create it offline and then upload to the server. Let us explore how to use each of these options to open and publish your website using FTP.

I hope you liked this list and I thank you for viewing it.

Fonte: http://www.dotnetcurry.com/ShowArticle.aspx?ID=541&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+netCurryRecentArticles+(.NET+Curry%3A+Recent+Microsoft+ASP.NET%2C+Silverlight%2C+WinForms%2C+Vista%2C+C%23%2C+VB.NET+Articles)&utm_content=Google+Reader