DANRESA lança novo site de produtos FortiMail

site-fortimail-danresa

A DANRESA Consultoria de Informática, lançou no início de julho de 2014 mais um site na área de segurança da informação, o DANRESA FortiMail (www.danresa.com.br/fortimail), onde apresenta os appliances de segurança de e-mail FortiMail da fabricante Fortinet, líder mundial em appliances UTM.

Os visitantes do site podem acessar as seguintes informações:

  • detalhes técnicos e imagens de todos os modelos FortiMail;
  • demonstração e imagens do software;
  • opções de implantação;
  • características e benefícios;
  • sobre outros produtos Fortinet;
  • acesso ao Blog DANRESA Fortinet;
  • contato para aquisição, implantação e suporte dos aparelhos.

A DANRESA é uma empresa de Consultoria em Informática que se destaca por apoiar a evolução tecnológica de seus clientes, atuando de forma integrada, desenvolvendo soluções completas com serviços e produtos para empresas em todo o Brasil.

Com o novo site, a DANRESA pretende ampliar ainda mais o seu leque de clientes em todo o Brasil no que tange à segurança de e-mail. Pretende repetir o sucesso que vem tendo com o site DANRESA Fortinet (www.danresa.com.br/fortinet) onde apresenta todos os produtos de segurança de rede da  Fortinet: FortiGate, FortiWifi, FortiManager, FortiAp, FortiAnalyzer, etc.

Como representantes da Fortinet no Brasil, a DANRESA  está capacitada a fornecer todo o suporte necessário para o andamento de testes de avaliação e implantação efetiva, conquistando as vantagens e benefícios que os appliances UTM Fortinet oferecem.

A DANRESA comercializa os produtos Fortinet através da instalação de appliances perfeitamente customizados para o ambiente dos clientes, na forma de comodato com suporte e manutenção por todo o período contratado. Além disto, como revenda Fortinet, consegue preços diferenciados, além da facilidade de pagamento em reais no Brasil, contribuindo para a implantação desta importante ferramenta à custos mais competitivos.

O visitante que desejar fazer pedidos dos produtos Fortinet poderá ligar no telefone (11) 4452-6450 ou e-mail: comercial@danresa.com.br.

 fortimail-fortinet-danresa

Anúncios

Fortinet anuncia plataforma “Connected UTM” lançando doze produtos de segurança de rede

por Claudia Muller

Novos equipamentos UTM, pontos de acesso WLAN, extensor sem fio WAN 3G/4G, switches Ethernet conectam e ampliam a alta performance de segurança de rede para o varejo, filiais e outros ambientes corporativos distribuídos

São Paulo, janeiro de 2013 – A Fortinet® (NASDAQ: FTNT) – líder mundial em segurança de rede de alto desempenho – anuncia 12 novos produtos projetados para conectar e estender as plataformas de segurança integrada da Fortinet que são voltadas para o varejo, filiais e empresas distribuídas. Sob a denominação “Connected UTM”, os novos appliances de gerenciamento unificado de ameaças FortiGate fornecem política e controle de acesso inigualáveis, além de proteção contra ameaças e continuidade nos negócios.

“A plataforma UTM Conectada está voltada ao mercado de varejo, filiais e outros ambientes corporativos distribuídos”, disse Patrick Bedwell, vice-presidente de Marketing de Produto da Fortinet. “Ao integrar a flexibilidade de appliances UTM da Fortinet, pontos de acesso wireless, extensor WAN sem fio e produtos de comutação, as empresas podem simplificar suas redes complexas, melhorar a gestão e garantir o cumprimento da política de forma contínua, perseguindo agressivamente novas oportunidades de negócios e reduzindo os custos enquanto desfruta de todos os benefícios de segurança de rede de alto desempenho”.

“Como appliances UTM continuam integrando funções de segurança discretas tais como firewall, antivírus, IPS, filtro de conteúdo web, etc, também vemos uma tendência emergente em que appliances UTM estão estendendo sua aplicação de políticas de segurança para incluir e integrar a funcionalidade de gerenciamento WLAN, VoIP, câmeras baseadas em IP e outros”, disse John Grady, gerente de pesquisa do IDC. “Aqui, as ofertas do Connected UTM da Fortinet exemplificam esta tendência e demonstram inovação na condução dos novos usos e casos de adoção do UTM em ambientes corporativos distribuídos”.

Integração e Conexão – Fundamentos do Connected UTM da Fortinet

A base para a UTM conectada começa com integração e gestão. Todos os novos FortiGate/FortiWiFi-30D-POE, FortiGate/FortiWiFi-60D-POE, FortiGate/FortiWiFi-90D-POE e o FortiGate-280D-POE integram um conjunto completo de recursos de segurança UTM, além do controle de ponto de acesso WiFi, comutação, autenticação, gerenciamento endpoint e controle de políticas em um único dispositivo fácil de gerenciar. Esta abordagem consolidada permite às empresas aplicar políticas através de diversos tipos de dispositivos, proporcionando uma melhor segurança, devido estes equipamentos estarem conectados e serem gerenciados por uma única solução FortiGate. O FG-280D-POE, com um total de 84 portas, foi construído especialmente para redes menores (tais como varejo e unidades de saúde) que querem aproveitar a altíssima densidade de portas para eliminar dispositivos em sua infraestrutura, tais como switches.

O próximo nível na plataforma Connected UTM incorpora a capacidade de conectar e gerenciar múltiplos dispositivos através da integração de portas Power over Ethernet (PoE). Com essa funcionalidade, vários dispositivos, tais como pontos de acesso sem fio, dispositivos de pontos de venda (PoS) , câmeras de vídeo em rede ou gravadores de vídeo, sinalização digital e sistemas de telefonia IP podem ser conectados e gerenciados a partir de um FortiGate Connected UTM.

Aumentando o desempenho wireless e de failover

O gerenciamento de diversos dispositivos e capacidades através de um único appliance de segurança requer alta performance de hardware para evitar os gargalos da rede. Para ajudar a acelerar o desempenho sem fio, a Fortinet também anuncia dois novos pontos de acesso sem fio. O FortiAP-221C e o FortiAP-320C que suportam o novo padrão sem fio 802.11ac e que oferece taxas de dados de mais de 1 Gbps. Este nível de desempenho ajuda a atender aos requisitos de largura de banda para o acesso WiFi de convidados sem reduzir o desempenho dos dados corporativos críticos. Além disso, usando pontos de acesso FortiAP ou modelos FortiWiFi, os varejistas podem segmentar suas redes a fim de proporcionar o acesso a visitantes, mantendo a conformidade com o PCI DSS.

Para as organizações que requerem banda larga como conexão primária ou de continuidade/failover, a Fortinet oferece o FortiExtender-100B, um dispositivo discreto que atua como um extensor de WAN 3G/4G  wireless para a melhoria da retransmissão de dados críticos entre um provedor de serviços e um dispositivo FortiGate. O FortiGate e os dispositivos FortiExtender podem estar separados por 100 metros, permitindo que o FortiGate esteja em um armário de fiação ou porão e a antena do FortiExtender montada em um local diferente.

Uma plataforma que pode crescer com a empresa

Conforme a empresa cresce, a sua arquitetura de segurança de rede segue o mesmo caminho. Para ajudar nessa transição, a Fortinet está lançando dois novos aparelhos de comutação que ampliam as capacidades de conexão da plataforma FortiGate. O FortiSwitch-224D-POE, dispositivo de montagem em rack com 24 (10/100/1000) portas de acesso e 12 portas PoE. E o FortiSwitch-108D-POE, um aparelho de mesa que oferece 10 (10/100/1000) portas de acesso e 8 portas PoE. Estes switches permitem que as organizações integrem dispositivos IP adicionais tais como pontos de acesso sem fio, telefones IP e outros equipamentos PoE na rede.

Incorporando análises

A capacidade de integração com provedores de análises de varejo da Fortinet é um exemplo do poder por detrás do Connected UTM. A análise de varejo oferece aos comerciantes uma gama completa de soluções de gerenciamento de grandes volumes de dados, como acompanhamento, análise, influência e monetarização dos dados do consumidor em tempo real. Por meio dos dispositivos móveis dos clientes, no momento em que eles entram em um estabelecimento, a análise de varejo pode acessar necessidades específicas dos consumidores e, em seguida, identificar em tempo real os produtos que eles estavam considerando comprar. Entre outras coisas, esta tecnologia ajuda os varejistas a reconquistar vendas que poderiam ser perdidas para concorrentes online. A solução Connected UTM da Fortinet serve para proteger a rede das lojas, fornecer acesso seguro à rede sem fio, e proteger dados de clientes contra ameaças e exposições desnecessárias.

Disponibilidade

O FortiGate/FortiWiFi-30D-POE, FortiGate/FortiWiFi-60D-POE, FortiGate/FortiWiFi-90D-POE, FortiGate-280D-POE, FortiAP-221C, FortiAP-320C, FortiExtender-100B, FortiSwitch-224D-POE e o FortiSwitch-108D-POE já estão disponíveis.

Fonte: www.segs.com.br

Produtos Fortinet

Produtos Fortinet

Empresas e PCI-DSS

Leis federais e estaduais, bem como as regulamentações da indústria, são os principais motores da indústria de segurança e nenhum é provavelmente de longo alcance e controverso do que o Payment Card Industry Data Security Standard (PCI DSS) .

Fortinet fornece uma visão geral do PCI DSS e o que você precisa saber sobre o presente regulamento.

PCI DSS

Por que isso é importante. que torna PCI DSS tão importante é que ela afeta todos os comerciantes que aceitam cartões de crédito / débito para pagamento. Níveis de cumprimento podem variar, dependendo do tamanho e o alcance do comerciante. Por exemplo, os comerciantes Nível I (existem 4 níveis) são aqueles que processam mais de 6 milhões de transações de cartões de crédito por ano. Eles têm o mais alto padrão de conformidade para atender, inclusive varreduras de rede trimestrais por um Assessor de Segurança Qualificado. Outros comerciantes, dependendo do volume de suas transações de cartão de crédito, só podem ter que se submeter a uma revisão uma vez por ano. A execução é feita pelo fornecedor do cartão de crédito e não pelo Conselho PCI ou qualquer outra agência de aplicação da lei. As violações vão desde multas até potencialmente perder a capacidade de processar transações de cartão de crédito.

O que ele faz. O principal objetivo do PCI DSS é o de proteger os dados dos portadores de cartões. Em sua estrutura mais simples, PCI DSS é composta de apenas 12 regras que são agrupados em seis categorias. Estas regras são:

1.) Construir e MANTER uma rede segura:

  • Instalar e manter um firewall para proteger os dados do portador de cartão.
  • Não usar padrões disponibilizados pelo fornecedor para senhas e outros parâmetros de segurança.

2.) Proteger os dados do portador do cartão

  • Proteger os dados armazenados.
  • Criptografar os dados do titular do cartão enquanto ele é transmitido através de redes públicas.

3.) Manter um programa de gerenciamento de vulnerabilidades

  • Use antivírus atualizados regularmente.
  • Desenvolver e manter sistemas e aplicações seguras.

4.) Implementar medidas de controle de acesso

  • Restringir o acesso aos dados do cartão de crédito em uma base de conhecimento.
  • Atribuir IDs únicos para cada pessoa com acesso ao computador.
  • Restringir o acesso físico aos dados do portador do cartão.

5.) Regularmente Monitorar e testar as redes

6.) Manter uma Política de Segurança da Informação

Embora estas 12 regras pareçam simples, incluem uma infinidade de definições e sub-regras que devem ser seguidas para ajudar os comerciantes a aderirem ao regulamento.

Compliance vs Segurança. Muitas vezes, depois de uma grande perda de dados, como a recente violação Target, críticos atacam o PCI DSS como sendo um fracasso. É importante a compreensão da conformidade de segurança, que é dinâmica. Um comerciante pode ser compatível com PCI DSS e ainda durante o curso de um ano, também apresentar falhas de segurança. E ao longo do tempo, o padrão continua a ser aperfeiçoado e melhorado para enfrentar a dinâmica da constante mudança de cenário de ameaças de hoje, bem como no ambiente de rede do comerciante e portador do cartão.

PCI DSS não é uma panaceia. Mas, ele fornece uma base sólida que muitas empresas, e não apenas os comerciantes, deveriam examinar como uma metodologia para ajudar a reduzir os riscos e evitar a perda de dados.

Fonte: Security 101: PCI DSS por Chris McKie

Produtos Fortinet

A DANRESA lança a nova versão do seu Sistema de Service Desk

O Sistema Service Desk DANRESA 2.0 é uma ferramenta de gerenciamento de incidentes baseada nas práticas do ITIL, que proporciona melhor experiência de usuário, com excelentes recursos de usabilidade e produtividade de forma mais simples, prática e intuitiva.

O projeto de reestruturação do sistema service desk DANRESA, denominado SERVICE DESK DANRESA 2.0, teve como objetivo tornar a ferramenta mais simples, prática, intuitiva, para o usuário final, oferecendo recursos sofisticados de usabilidade, atendendo às sugestões enviadas pelos clientes do sistema, transformando conhecimento e tecnologias em soluções de negócios alinhados com as estratégias da DANRESA e de seus clientes.

Hoje são mais de 50.000 usuários ativos representados por mais de 80 empresas diferentes que utilizam o sistema simultaneamente que contribuiram com ideias, sugestões, experiências.

A Fábrica de Software da DANRESA executou o projeto de reestruturação, média de 3.000 horas de projeto, envolvendo levantamento com os usuários, análise e especificação dos requisitos funcionais, desenvolvimento, planos de testes e finalmente a implantação, que ocorreu sexta-feira, 14 de junho de 2013 às 18:30h.

Após a implantação foi iniciado o suporte pós-go live e a transição para o novo sistema ocorreu de forma transparente para os mais de 50.000 usuários do sistema.

Mais um projeto de grande sucesso executado pela DANRESA Consultoria de Informática que traz benefícios estratégicos para as equipes de suporte da DANRESA Consultoria de Informática e para seus clientes.

O Acesso ao sistema pode ser feito através da URL

http://www.danresa.com.br/servicedesk

O Manual completo do Sistema Service Desk DANRESA 2.0 pode ser consultado online no BLOG do Sistema através da URL

http://www.servicedeskdanresa.com.br/blog-servicedesk-online/

Confira um resumo das melhorias implementadas no sistema Service Desk DANRESA 2.0

O sistema Service Desk DANRESA 2.0 permite uma melhor experiência de uso do sistema para os usuários – usabilidade.

Quando falamos em usabilidade estamos apresentando uma nova forma de utilizar o sistema, que deve ser simples e ao mesmo tempo fornecer rapidamente todos os acessos aos recursos de trabalho da rotina diária.

Após o usuário efetuar login no sistema Service Desk 2.0, a tela principal do sistema deverá ser apresentada.

Layout inovador para sistemas web em forma de Office – Menu Ribbon com melhor aproveitamento da área de trabalho para as telas / páginas do sistema, com redimensionamento automático de todo o layout da tela de acordo com a definição do monitor.

O Menu Ribbon expansível permite mostrar / esconder o menu melhorando o aproveitamento da área de trabalho

Menu focado em regras de negócio: O menu ribbon apresenta funcionalidades ligadas diretamente ao uso das telas, com barras de tarefas, teclas de atalhos, ícones funcionais relacionados a tarefas na tela ativa, pesquisas rápidas, indicadores de tarefas e atividades que auxiliam na tomada de decisão. O usuário não precisa navegar em inúmera telas para desempenhar suas atividades, tornando as tarefas produtivas, simples e rápidas.

Tela inicial após o login no sistema.

Tela inicial após o login no sistema.

A tela principal está estruturada da seguinte forma:

  • Topo
  • Menu Principal
  • Área de Trabalho

topo-sistema-service-desk

Topo do Sistema Service Desk DANRESA

Topo do sistema identifica o usuário logado e permite efetuar o logout (sair) quando necessário.

menu-principal-sistema-service-desk

Menu principal do Sistema Service Desk DANRESA.

Menu Principal apresenta os recursos do sistema por módulo funcional em forma de Ribbon, similar aos menus do aplicativos Office.

Para acessar cada módulo clique no título (link) referente ao que deseja acessar.

Cada módulo contém os recursos e/ou telas disponíveis referentes ao tema a que se refere: configuracoes-menu-service-desk

Para acessar o recurso desejado clique no ícone que representa a função ou recurso. icones-menu-sistema-service-desk-danresa

Há ícones que representam telas do sistema e há ícones que representam ações em telas carregadas no sistema:

novo-incidente-icone-service-desk Ícone que carrega a tela de incidente para o preenchimento de um Novo Incidente.

salvar-icone-service-desk Ícone que grava um Incidente quando a tela de Incidentes está carregada e em modo de edição.

Dependendo da tela carregada na área de trabalho alguns ícones podem estar disponíveis – habilitados – ou não disponíveis – desabilitados.

Ícones habilitados sempre estão coloridos e realçados: salvar-icone-service-desk

Ícones desabilitados sempre estão opacos e sem cor: salvar-desab-service-desk

Alguns recursos de sistema como buscas, ou itens de seleção devem ter um preenchimento prévio ou seleção prévia para o carregamento da tela na área de trabalho.

buscas-sistema-service-desk

Enquanto uma tela estiver carregada na área de trabalho é possível navegar pelos módulos do sistema se perder a tela.

Área de Trabalho é o espaço onde as telas e recursos do sistema são apresentados.

Todo o sistema se adequa a resolução de monitor configurada, expandindo a estrutura para aproveitar melhor o espaço disponível. No entanto a resolução mínima para o sistema é a de 1024 x 768. Resoluções menores que esta tendem a sobrepor as estruturas da tela.

Por padrão o sistema apresenta a tela de Incidentes do módulo Incidentes quando efetuado o login.

Adquira para sua empresa o Service Desk DANRESA

Entre em contato pelo telefone (11) 4452-6450 ou e-mail: comercial@danresa.com.br

Como resolver bug da atualização KB2823324 do Windows 7

Resolvendo o bug do  Windows 7 causado pela atualização KB2823324

Apesar da dor de cabeça que a atualização trouxe, há algumas medidas a serem tomadas caso ocorra esse tipo de problema no seu Windows 7. Confira:

Durante a inicialização, aperte F8 sem interrupções até aparecer um menu com opções de boot. Dentro desse menu azul, escolha a opção “Modo de segurança com prompt de comando”. Na nova inicialização, digite o comando dism.exe /image:C:\ /cleanup-image/revertpendingactions, substituindo “C:” pela letra do disco onde o Windows está instalado. Em seguida, reinicie o computador.

Se, mesmo assim, você não obtiver êxito, faça o boot do sistema por meio do seu DVD do Windows 7. Quando aparecer a interface do Windows, clique na opção “Reparar o computador”; depois em “Prompt de Comando” e digite o comando dism.exe /image:C:\ /cleanup-image/revertpendingactions.

É possível que você ainda não consiga. Neste caso, feche o “Prompt de comando”, clique em “Restauração do Sistema” e siga as instruções. Caso o computador não inicialize, substitua o arquivo ntfs.sys por uma versão mais antiga.

A Microsoft ainda não anunciou uma correção para essa atualização do Windows 7, portanto, é preciso ficar atento. Quando você finalmente conseguir realizar boot no sistema operacional, desative a atualização KB2823324, a fim de evitar que o problema ocorra novamente.

Para fazer isso, abra o menu Iniciar, digite “update” e clique na opção Windows Update. Em seguida, vá até a lista de atualizações a serem instaladas, procure a atualização que termina em KB2823324 e clique na caixa ao lado dela para desmarcá-la.

 

Fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/04/erros-na-atualizacao-do-windows-7-impedem-boot-do-sistema.html

 

Conheça o Service Desk DANRESA. Saiba mais sobre o Atendimento Service Desk e o Sistema DANRESA Service Desk no  www.servicedeskdanresa.com.br

Recomendações da Microsoft para o término do Horário de Verão 2012/2013

A Microsoft informa aos clientes e parceiros as recomendações para o término do Horário de Verão 2012/2013.

O objetivo é atualizar algumas informações sobre os planos e as atividades da Microsoft com relação ao término do “Horário de Verão 2012/2013”.

Neste ano de 2013, segundo o Decreto nº 6.558 de 8 de setembro de 2008, publicado no Diário Oficial da União, a partir das 0:00h do dia 21 de outubro de 2012, entrou em vigor o Horário de Verão no Brasil, com duração até o dia 17 de fevereiro de 2013, válido para os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal.

Em dezembro de 2012 foi lançada uma nova atualização cumulativa para o horário, que está disponível aqui. Esta já contém todas as atualizações sobre as datas de término e retirada do fuso horário UTC -03:00 Salvador do horário de verão para todos os sistemas operacionais a partir do Windows XP/2003, evitando quaisquer dificuldades.
Importante:

 

  • Esta atualização substitui a atualização 2756822, que foi lançada em Outubro de 2012. Todas as alterações de fuso horário adicionais lançadas como hotfixes após a atualização 2633952 foram incorporadas nela.

 

 

  • Procedimentos para o ajuste correto dos horários em computadores domésticos e corporativos, estão descritos aqui.

 

  • Apesar de não esperado, caso enfrente problemas em seus agendamentos no Outlook/ Exchange, acesse o link que contém as informações para solucionar os problemas.

Em caso de dúvidas adicionais, por favor entre em contato com o Gerente Técnico da Conta ou diretamente com o suporte Microsoft, enviando um e-mail através do “Fale Conosco” .

_________________________________________________________________________

Fábrica de Software

Saiba mais sobre desenvolvimento de sistemas da DANRESA Consultoria de Informática.

SpamTitan anuncia a nova versão do web filter WebTitan

Leia abaixo a notícia do lançamento oficial pela SpamTitan Technologies de sua poderosa solução de filtragem web para as empresas, WebTitan 4.0. Esta versão inclui uma série de novas funcionalidades:

SPAMTITAN TECHNOLOGIES ANNOUNCES MAJOR NEW RELEASE OF ACCLAIMED WEB FILTER WEBTITAN WIDELY USED BY SMBS, SCHOOLS AND GOVERNMENT DEPARTMENTS

SpamTitan Technologies today announced a major new release of its powerful web filtering solution for businesses, WebTitan 4.0.The release includes a host of new functionality such as full transparent authentication, bandwidth management controls, delegated administration and reporting management, SNMP support and enhanced white labelling options. The new functions greatly improve the end user experience, ease of product management and overall business protection options.

Full transparent authentication while using WebTitan in transparent proxy mode will allow end users a more seamless internet experience while allowing management comprehensive user reports rather than IP based reporting typically associated with transparent proxies.

Bandwidth management controls adds to the corporate internet policy options within WebTitan with the addition of bandwidth quotas ensuring bandwidth is not wasted and adequate capacity is available for business-critical applications. With the increased popularity of media rich applications which allow users to listen to radio stations or watch video via the Internet in the workplace the provision of these bandwidth management controls avoid bottlenecks or severe slowdowns in the internet. These controls add to the granular nature of WebTitan and provide the added advantages in terms of cost savings and resource allocation.

Delegated administration allows for configurable levels of administration functions within WebTitan and for these controls to be passed to stake holders across the organisation. With WebTitan 4.0 administrators can grant policy management privileges, reporting rights, or both to delegated administrators who can then manage or report on Internet usage for specific clients (users / groups). Delegated administrators with policy permissions can edit existing policies and create new policies making this a powerful tool for distributing filtering policy management and reporting responsibilities across an organization. Delegated administration allows for greater cross organisational participation in policy creation and maintenance therefore ensuring the most appropriate filtering policy applies to each user / group.

‘The web is getting more complex, thus the requirements within organisations for managing it usage and protecting users is getting equally complex ‘ says Kavanagh, CEO of SpamTitan. ‘WebTitan 4.0 has been designed with this at the forefront, balancing this complexity with management tools that are both intuitive to use and effective in their deployment to ensure our customers get the best end user web experience while organisations are fully protected from all malware as it emerges.”

WebTitan 4.0 also includes a range of enhancements including SNMP support and improved white labelling allowing an organisation add its own brand and identity to the solution.

fonte: www.webtitan.com

Conheça mais sobre o filtro de conteúdo web WebTitan no site: www.webtitan.com.br