Recomendações da Microsoft para o término do Horário de Verão 2012/2013

A Microsoft informa aos clientes e parceiros as recomendações para o término do Horário de Verão 2012/2013.

O objetivo é atualizar algumas informações sobre os planos e as atividades da Microsoft com relação ao término do “Horário de Verão 2012/2013”.

Neste ano de 2013, segundo o Decreto nº 6.558 de 8 de setembro de 2008, publicado no Diário Oficial da União, a partir das 0:00h do dia 21 de outubro de 2012, entrou em vigor o Horário de Verão no Brasil, com duração até o dia 17 de fevereiro de 2013, válido para os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal.

Em dezembro de 2012 foi lançada uma nova atualização cumulativa para o horário, que está disponível aqui. Esta já contém todas as atualizações sobre as datas de término e retirada do fuso horário UTC -03:00 Salvador do horário de verão para todos os sistemas operacionais a partir do Windows XP/2003, evitando quaisquer dificuldades.
Importante:

 

  • Esta atualização substitui a atualização 2756822, que foi lançada em Outubro de 2012. Todas as alterações de fuso horário adicionais lançadas como hotfixes após a atualização 2633952 foram incorporadas nela.

 

 

  • Procedimentos para o ajuste correto dos horários em computadores domésticos e corporativos, estão descritos aqui.

 

  • Apesar de não esperado, caso enfrente problemas em seus agendamentos no Outlook/ Exchange, acesse o link que contém as informações para solucionar os problemas.

Em caso de dúvidas adicionais, por favor entre em contato com o Gerente Técnico da Conta ou diretamente com o suporte Microsoft, enviando um e-mail através do “Fale Conosco” .

_________________________________________________________________________

Fábrica de Software

Saiba mais sobre desenvolvimento de sistemas da DANRESA Consultoria de Informática.

Anúncios

Um em cada 20 PCs tem malware, alerta Microsoft

Por Computerworld/EUA

Essa foi a proporção de máquinas infectadas encontradas por software de segurança da empresa em um universo de quase meio milhão de micros.

Um em cada 20 dos PCs com Windows que passaram pela análise da ferramenta de limpeza da Microsoft estava infectado com malware, afirmou a empresa na semana passada.

Esta e outras estatísticas foram obtidas pela Microsoft por meio de seu novo Safety Scanner, uma ferramenta gratuita de detecção e limpeza de malware que foi relançada em 12 de maio.

As 420 mil cópias da ferramenta que foram baixadas na primeira semana de sua disponibilidade limparam malwares ou sinais de infiltração de mais de 20 mil PCs com Windows, informou o Centro de Proteção contra Malwares da Microsoft (MMPC) na quarta-feira (25/5). O número representa uma taxa de infecção de 4,8%.

Na média, cada um dos PCs infectados tinha 3,5 ameaças, que a Microsoft definiu ou como malware real ou pistas de que um ataque bem sucedido foi lançado contra a máquina.

Java na mira
Das 10 maiores ameaças detectadas pelo Safety Scanner, sete eram exploits Java, afirmaram Scott Wu e Joe Faulhaber, do MMPC, em blog. Wu é gerente de programa do MMPC e Faulhaber é um engenheiro de software.

Os números reforçam um relatório recente de segurança, divulgado pela Microsoft, que apontou um grande pico em exploits baseados em Java no segundo semestre de 2010. O indicador rastreado pela Microsoft saltou de 1 milhão na primeira metade de 2010 para quase 13 milhões no período seguinte.

A Microsoft afirmou que apenas dois tipos de vulnerabilidades no Java da Oracle foram responsáveis por 85% de todos os ataques a Java na segunda metade de 2010. Não por acaso, essas duas vulnerabilidades aparecem no ranking das dez maiores ameaças da Microsoft nas posições 1 e 6.

Um dos bugs do Java mais explorados foi corrigido em dezembro de 2008 pela Sun – que, depois, seria engolida pela Oracle. O outro foi consertado em novembro de 2009.

Sem surpresa
A Microsoft já fez ecoar o alarme sobre a explosão de exploits Java em outras oportunidades. Em outubro de 2010, Holly Stewart, outra gerente do MMPC, afirmou que o volume de ataques era “assustador” e “sem precedentes”.

Para Marc Fossi, diretor da equipe de resposta a questões de segurança da Symantec, a insistência dos hackers no Java faz sentido. Em uma entrevista no ano passado, o diretor afirmou que “como o Java é tanto multibrowser como multiplataforma, pode ser atraente para hackers”, referindo-se ao fato de o Java ser usado por todo grande navegador nos sistemas Windows, Mac e Linux.

O Safety Scanner encontrou 2.272 PCs com Windows com sinais de um exploit do bug Java mais explorado, chamado de “CVE-2008-5353” no banco de dados de Vulnerabilidades e Exploits Comuns. Dessas máquinas, 7,3% também continham o notório rootkit Alureon, ao passo que 5,7% tinham sido infectadas com um dos programas falsos de antivírus da família “Winwebsec”.

“Na hora em que um usuário baixa e roda o Microsoft Safety Scanner para detectar malware, a máquina já pode ter sido infectada caso estivesse vulnerável à época”, reconheceram Wu e Faulhaber.

O Alureon ganhou destaque em fevereiro de 2010 quando os sistemas Windows XP infectados com o rootkit foram danificados depois de uma atualização de segurança da Microsoft. E o Winwebsec, que é como a Microsoft chama a linha de software antivírus falso que engana a vítima fazendo com que pague por um programa inútil, tem sido ligado ao MacDefender, um scareware que tem assombrado os usuários de Mac.

O Safety Scanner, que entrou no lugar de uma velha ferramenta online, usa a mesma tecnologia e assinaturas de detecção que o programa gratuito Security Essentials, também da Microsoft, e de seu produto corporativo Forefront Endpoint Protection.

O scanner gratuito pode ser baixado no site da Microsoft.

(Gregg Keizer)
fonte: uol.com.br
****************************************
 

Horário de Verão – atualize seu Windows Update

O horário de verão no Brasil teve início na meia noite do dia 17 de Outubro de 2010 (domingo) e terá duração até o dia 20 de fevereiro de 2011 (domingo), sendo válido para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país.

Para evitar transtornos nesse período, a Microsoft recomenda a atualização do seu Windows Update para a versão mais recente (versão de setembro de 2010) para que os ajustes de horário sejam feitos automaticamente e o recebimento das atualizações importantes do Windows não seja prejudicado.

Eu não tenho o Windows Update mais recente habilitado no meu computador. O que fazer?

Garanta a instalação do hotfix aqui (KB2158563) para ter o ajuste de horário com toda a segurança.

Caso você já tenha atualizado com o Windows Update de Fevereiro (KB979306), seu computador já estará protegido, não sendo necessária a instalação do hotfix de Setembro.

Veja como manter seu computador pronto para receber a correção do horário de verão 2010/2011 bem como outras atualizações importantes
Para Windows Vista ou Windows 7

  1. Execute o Windows Update a partir do botão Iniciar:
    Windows Update
  2. Clique no texto Exibir atualizações disponíveis para selecionar quais atualizações opcionais, além das importantes, você deseja instalar. Em seguida clique no botão Instalar atualizações e siga as próximas instruções do assistente.
    Windows Update
  3. Nessa mesma tela clique em Alterar configurações para definir uma frequência automática de instalação de atualizações.

Fonte: Microsoft

O Que Há de Novo no Microsoft Exchange 2010

A DANRESA Conultoria de Informática utiliza, implanta e dá suporte ao novo Microsoft Exchande 2010 e suas versões anteriores.

Caso tenha interesse entre em contato com a DANRESA através do telefone 55 11 4452-6450 e procure um de nossos consultores especializados.

Caso você tenha uma versão anterior ao Microsoft Exchange 2010 e queira efetuar uma atualização para a versão 2010, a DANRESA Consultoria de Informática faz a migração completa, contemplando a atualização das bases de correio de cada usuário sem perda de dados, incluindo os clients Microsoft Outlook.

São inúmeros os motivos para você implementar ou migrar para o Microsoft Exchange 2010.

Saiba mais lendo a matéria abaixo:

O Microsoft Exchange 2010 ajuda você a alcançar novos níveis de confiabilidade e desempenho fornecendo recursos que simplificam sua administração, protegem as suas comunicações e encantam seus usuários ao atender suas exigências de maior mobilidade nos negócios. Com novas opções de implantação e armazenamento, recursos aprimorados de gerenciamento de caixa de entrada e arquivamento de e-mail embutidos, o Exchange 2010 ajuda você a baixar custos e a melhorar os resultados de negócios.

Flexível e Confiável

Com o Exchange, escolha implantação no local com o Exchange Server 2010, um serviço hospedado pela Microsoft com o Exchange Online ou um híbrido dos dois. O compromisso da Microsoft com Software mais Serviços assegura que você possa decidir sobre seu cronograma para tirar proveito da flexibilidade e força de ambos sem interromper ou alterar a experiência de seus usuários.

O Exchange 2010 oferece uma abordagem simplificada a alta disponibilidade e recuperação de desastres aliada com ferramentas de manutenção aperfeiçoadas para ajudá-lo a atingir ovos níveis de confiabilidade para proporcionar continuidade de negócios. Baseados em investimentos anteriores em tecnologias de replicação contínua no Exchange 2007, esses investimentos:

  • Eliminam a necessidade de implantar produtos de clusterização e de replicação de dados de terceiros complexos e caros para redundância de escala total do Exchange
  • Automatizam a replicação e failover de bancos de dados de caixa de correio com até dois servidores ou em datacenters geograficamente dispersos
  • Mantêm a disponibilidade e recuperação rápida com até 16 réplicas, gerenciadas pelo Exchange, de cada banco de dados de caixa de correio
  • Limitam a interrupção do usuário durante movimentações de caixas de correio entre servidores de e-mail, permitindo a você realizar atividades de migração e manutenção segundo sua programação, até mesmo durante o horário comercial
  • Protegem contra perda de e-mail devida a atualizações ou falhas de Servidor de Transporte, através de novos recursos de redundância embutidos projetados para redirecionar de maneira inteligente o fluxo de correspondências através de outra rota disponível

Reduzir a carga de sua assistência técnica e sua própria é uma maneira-chave para você produzir mais e reduzir custos. Isso motivou investimentos em novos recursos de autoatendimento voltados a permitir aos usuários realizar tarefas comuns sem ter de chamar a assistência técnica. Com essa funcionalidade você pode:

  • Permitir aos usuários atualizar suas informações de contato e rastrear informações de entrega de mensagens de e-mail, por exemplo, sem auxílio do TI
  • Oferecer uma interface baseada na Web fácil de usar para tarefas comuns de assistência técnica
  • Utilizar o novo modelo de Controle de Acesso baseado em Função do Exchange para capacitar usuários especialistas a realizar tarefas específicas – como dar a responsáveis pela conformidade a capacidade de conduzir pesquisas – sem a necessidade de controle administrativo

Acesso em Qualquer Lugar

Aperfeiçoamentos na última versão do Exchange dão a seus usuários acesso a todas as comunicações deles de um único local ao mesmo tempo em que facilitam colaborar uns com outros e com seus parceiros comerciais. Esses aperfeiçoamentos incluem a capacidade de:

  • Oferecer a seus usuários uma experiência premium do Outlook na estação de trabalho, Web e dispositivos móveis, incluindo suporte a OWA para navegadores como Apple Safari e Mozilla Firefox®
  • Unificar o acesso a e-mail, caixa postal, mensagens instantânea e mensagens de texto, permitindo a seus usuários escolher a melhor maneira de comunicar-se, não importando onde estejam
  • Incluir suporte nativo para virtualmente todos os dispositivos móveis, incluindo uma experiência premium com o Windows Mobile, através do Exchange ActiveSync
  • Compartilhar informações de disponibilidade com parceiros comerciais externos para agendamentos rápidos e eficientes, escolhendo o nível de detalhamento que deseja compartilhar.

O Exchange 2010 acrescenta novos recursos de produtividade que ajudam seus usuários a organizar e priorizar facilmente as comunicações em suas caixas de entrada. Seus usuários experimentarão:

  • Uma exibição aprimorada de conversa que dinamiza a navegação da caixa de entrada ao organizar automaticamente encadeamentos de mensagem com base no fluxo natural de conversa entre as partes
  • Dicas de E-mail que informam seus usuários, antes que cliquem em enviar, sobre detalhes da mensagem que poderiam levar a e-mails de envio impossível ou errado, como enviar acidentalmente informações confidenciais a destinatários externos, reduzir a aglomeração na caixa de entrada e chamadas para assistência técnica

Saiba Mais sobre Dispositivos Móveis

Com o Exchange 2010, você pode substituir seu sistema de caixa postal tradicional por uma solução unificada integrada no coração de sua plataforma de comunicações. Esse novo sistema permite a seus usuários receber mensagens de voz direto na caixa de entrada e gerenciá-las como fazem como e-mail, com ferramentas familiares como o Outlook e o Outlook Web Access. Você se beneficiará da economia de custos da consolidação e substituição de sistemas de caixa postal e oferecerá a seus usuários recursos como:

  • Transcrição de mensagens de voz para texto, permitindo aos usuários fazer uma triagem sem ter de executar o arquivo de áudio
  • O poder de um atendedor automático personalizado para a caixa postal
  • Ferramentas para criar regras de atendimento e roteamento para indivíduos ou grupos com base na ID do Chamador e informações de contato, assegurando que cada chamador tenha a experiência que seus usuários desejam
  • Acesso baseado em telefone a toda a caixa de entrada – inclusive e-mail, calendário e contatos – em cerca de 30 idiomas como o Outlook Voice Access

Proteção e Conformidade

O fornece nova funcionalidade integrada de arquivamento de e-mails – incluindo pesquisa granular em múltiplas caixas de correio, diretivas de retenção no nível do item e retenção legal instantânea – facilitando lidar com questões de conformidade e descoberta. Administradores obtêm controle centralizado sobre todos os arquivos enquanto os usuários recebem acesso direto a sua correspondência arquivada, inclusive uma experiência de arquivamento familiar que não interrompe a maneira como eles gerenciam suas caixas de entrada diariamente. Com esses novos recursos você pode:

  • Mover facilmente Arquivos de Dados do Outlook (PSTs) de difícil manejo do computador de volta para o Exchange para controle e descoberta legal mais eficientes
  • Simplificar a classificação de e-mail com novas Diretivas de Retenção definíveis centralmente que podem ser aplicadas a mensagens de e-mail individuais ou pastas
  • Conduzir pesquisas cruzadas em caixas de correio através de uma interface baseada na Web fácil de usar ou através de Controle de acesso baseado de funções, capacitando seus responsáveis pelo RH ou conformidade a executar buscas dirigidas

O Exchange 2010 também expande o suporte a Proteção e Controle de Informações, facilitando criptografar, moderar e bloquear e-mails sigilosos ou impróprios com base em atributos específicos de remetente, destinatário e conteúdo. A funcionalidade principal permite a você:

  • Combinar o Exchange 2010 e o Active Directory Rights Management Services (ADRMS) para que você e seus usuários possam aplicar proteção de Gerenciamento de Direitos de Informação automaticamente para restringir o acesso e uso de informações dentro de uma mensagem – aonde quer que seja enviada.
  • Permitir a parceiros e clientes ler e responder a mensagens protegidas pelo IRM – mesmo que eles não tenham o Active Directory Rights Management Services (ADRMS) no local
  • Permitir a gerentes analisar a correspondência e aprovar ou bloquear a transmissão